O que fazer em Morro de São Paulo: conheça a praia de Garapuá

DSC_0158

Quem já explorou todas as quatro (ou cinco) praias dessa maravilhosa ilha e procura outras opções de o que fazer em Morro de São Paulo pode considerar mais um passeio: conhecer a praia de Garapuá. Situada também na ilha de Tinharé, Garapuá é um destino popular pelas suas piscinas naturais, visual deslumbrante e também poder ser um local bem menos cheio de turistas.

O que fazer em Morro de São Paulo

Praia de Garapuá: ótima opção de o que fazer em Morro de São Paulo

Como chegar?
Existem duas opções: por terra ou mar. Na opção pelo mar, é comum que uma parada nessa praia (e também nas suas piscinas naturais) esteja inclusa no passeio volta à Ilha. Portanto se for fazê-lo, pode não ser interessante realizar a visita a praia de Garapuá por terra, a menos que queira paz e sossego ou tenha mais tempo livre.

Já por terra, existe o passeio que dura um dia inteiro e explora a praia de Garapuá com bastante calma, sendo essa a opção que escolhi.

O que fazer em Morro de São Paulo

Leia também: Onde ficar em Morro de São Paulo – escolha a Pousada Villa dos Corais

Por volta das 9h 30min um carro 4 x 4 da Zulu Turismo me buscou na Pousada Villa dos Corais e seguiu por estradas de areia e lama rumo a praia de Garapuá. O trajeto durou aproximadamente 20 minutos. Já na praia, vários restaurantes e barracas serviam pratos dos mais variados, sendo a base de quase todos os frutos do mar.

Onde comer?
Ficamos na Barraca do Capitão Pipoca, onde havia uma estrutura de barracas com sombreiro, chuveirão com água doce e banheiros, além de wi-fi (sim, é isso mesmo, pasme!). Os preços do cardápio eram bem normais e super acessíveis. E mesmo que não seja consumido nada não é cobrado nenhuma taxa para utilizar a estrutura da barraca.

As piscinas naturais:
O motorista que me conduziu até a praia informou que dentro de alguns minutos nosso grupo iria rumo as piscinas naturais que ficavam a uma pequena distância de barco do ponto de onde chegamos. Apesar desse translado entre praia e piscinas já estar incluso no passeio, o aluguel de snorkel não estava e saiu por dez reais cada. Recomendo ainda que você compre um saquinho de ração para os peixes, que saiu por mais cinco reais.

Após o curto trajeto mar adentro, chegamos em um local onde havia dois bares flutuantes e era possível comprar bebidas e também alguns petiscos. É preciso ficar de olho na maré, afinal a piscina costuma ser explorada apenas quando ela está baixa. Barcos vão e vem o tempo todo para quem quer ir ou volta aquelas piscinas, portanto não é necessário ficar por lá mais do que o tempo que você achar suficiente.

O que fazer em Morro de São Paulo.

Leia também: Como chegar em Morro de São Paulo: descubra todas as maneiras possíveis!

Não é necessário o uso de nenhum tipo de calçado vez que a maior parte das piscinas estão fora da região de corais. Infelizmente havia pouca variedade de peixinhos e eles só vinham perto de quem tinha ração. Ainda dei a má sorte de escolher um dia nublado e até choveu um pouco, sendo que isso acabou interferindo um pouco nas fotos e na experiência como um todo, acredito que num dia ensolarado o visual fique muito mais bonito!

Para quem gosta de pedalar, existe também a possibilidade de chegar até a praia de Garapuá de bike, mas creio ser indicado apenas para quem tem um bom preparo físico ou muita disposição para pedalar tanto na ida quanto na volta.

Maiores informações tanto do passeio Volta à Ilha quanto o dia na praia de Garapuá, consulte a Zulu Turismo.

A título de informação, a alta temporada em Morro de São Paulo engloba todos os feriados nacionais, a semana pós carnaval e os meses de julho, dezembro e janeiro. Julho e agosto costumam ser os meses que mais chovem na ilha, então programe a sua viagem com antecedência levando tudo isso em conta!

Outra vantagem desse passeio é que ele tem apenas essa parada, ou seja: é uma excelente ideia para quem gosta de passar o dia todo quieto no mesmo lugar. Os coqueirais do lado direito rendem belas fotos.

O que fazer em Morro de São Paulo

Recomendo ainda uma caminhada pela orla no sentido ao lado esquerdo, onde a uma curta distância da barraca que citei fica uma igrejinha e um pequeno vilarejo.

O que fazer em Morro de São Paulo

Ao final da tarde, retornamos para a pousada. Curioso foi que tanto na ida quanto na volta passamos pela parte de dentro da ilha e, ao contrário do que muitas pessoas pensam, Morro de São Paulo tem sim carros e até ônibus que circulam fora da região turística levando principalmente os moradores locais aos mais diversos pontos. Vi também uma escola, oficinas, uma estação de energia elétrica e bastante comércio local, praticamente não frequentado por turistas.

Conhecer a praia de Garapuá é um passeio relativamente mais barato e mais calmo do que fazer o tour de Volta à Ilha, sobretudo se você escolher a opção por terra (em carro 4 x 4). Então se você procura o que fazer em Morro de São Paulo e ainda não sabia agora já tem mais uma opção.

O que fazer em Morro de São Paulo.

Zulu Turismo
www.morrodesaopaulobahiabrasil.com
reservas@zuluturismo.com.br
Tel.: + 55  (75) 3652 1358 ou (75) 99988 6317
Curta e siga também no facebook e instagram

Esse passeio foi realizado em parceria com a Agência Zulu Turismo dentro do projeto #DESCUBRA MORRO DE SÃO PAULO e BOIPEBA com o intuito de promover e divulgar as belezas da região. Outras empresas que também apoiaram o projeto são a Pousada Villa dos Corais e a Pousada Villa da Barca, porém todas as opiniões e impressões relatadas são livres e pessoais.

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | chip internacional| passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem | passeios

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá em baixo!

Até logo!

Amilton Fortes
Siga:

Amilton Fortes

Administrador, coaching e muito ligado em tecnologia. Gosta de economizar dinheiro e se alegra quando encontra uma promoção ou desconto pra viajar. Turisteiro nato, viajante quase profissional, escreve e tira muitas fotos nas horas vagas. Quer desbravar o mundo de todas as formas possíveis, contando suas experiências e ajudando as pessoas a terem viagens inesquecíveis. Coleciona ímãs de geladeira. É do tipo sorridente, meio criança e se impressiona fácil. E-mails para turisteiro@hotmail.com.
Amilton Fortes
Siga:

19 comentários em “O que fazer em Morro de São Paulo: conheça a praia de Garapuá

  • 30/03/2017 em 10:22
    Permalink

    Estou louca para conhecer Morro de São Paulo. Esse mês estive no Sul da Bahia e me encantei, pretendo voltar em breve e conhecer Morro de São Paulo. Parabéns pelo post, está super bacana.

    Resposta
  • 31/03/2017 em 10:56
    Permalink

    pra visitar esse lugar, provavelmente iria em outubro, ai não tem tanta gente e não tem tanto calor! adorei a foto dos peixinhos e a margem cheia de palmeiras!

    Resposta
  • 31/03/2017 em 23:12
    Permalink

    Amilton, lindo post, quando estive em Morro ano passado pensamos em visitar Garapua e Boipeba, porém tivemos um contratempo, e não fomos. As fotos estão lindas, e nos deixam com mais vontade de retornar a Morro!

    Resposta
    • 01/04/2017 em 17:04
      Permalink

      Obrigado Francisco. São dois lugares mais tranquilos do que Morro e de belezas únicas. Programe-se e vá!

      Resposta
  • 01/04/2017 em 10:28
    Permalink

    Quero muito conhecer esse paraíso. Que praia linda! Simplesmente adorei a dica. Show demais esse lugar!

    Resposta
  • 01/04/2017 em 12:43
    Permalink

    Que PARAÍSO! Eu tenho um amigo que vai todo santo ano praí, só que ele vai durante o carnaval que não é bem a minha praia… mas agora entendi pq ele é tão apaixonado por esse lugar!

    Resposta
    • 01/04/2017 em 17:03
      Permalink

      Pois é Roberta, não e raro encontrar pessoas que voltam pra lá todo ano, é realmente um lugar encantador…

      Resposta
  • 01/04/2017 em 22:37
    Permalink

    Morro deve ser um lugar incrível. Poxa, que pena pegar um dia nublado nas piscinas naturais. Já estamos programando para conhecer Morro. Obrigado pelas dicas.

    Resposta
    • 02/04/2017 em 13:18
      Permalink

      Pois é Cleber, pena mesmo o tempo não ter ajudado muito, mas ainda sim foi um lindo passeio.
      Abs

      Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: