Onde ficar na Chapada Diamantina: conheça o Alcino Estalagem Pousada

17192010_10154597179427672_6810473435344723781_o

Quem vai para a cidade de Lençóis desbravar as planícies baianas sabe que é preciso ter muita disposição para conhecer os principais passeios que a região oferece. Depois de um dia todo conhecendo as belezas da região, nada melhor que estar hospedado num local seguro, limpo, confortável e por que não charmoso. E charme, a pousada Alcino Estalagem tem de sobra, vem conferir a minha dica de Onde fica na Chapada Diamantina.

A riqueza em detalhes do casarão no estilo colonial não nos deixa dúvida de que se trata de um imóvel bem antigo. Mas é na verdade uma réplica. O casarão, localizado logo na entrada de Lençóis, foi reconstruído tal qual o seu original datado de 1890. A casa foi abandonada em 1930, sendo reconstruída na década de 1980, quando o carioca Alcino conheceu Lençóis e se apaixonou pelo lugar.

Onde ficar na Chapada Diamantina

Leia mais: Chapada Diamantina – Natureza e Aventura (Guia Completo)

Foram 16 meses de construção e o resultado impressiona até os mais conhecedores de arquitetura e história. As palmeiras da entrada, o portão que dá acesso ao casarão, a pintura, tudo retrata ao passado. Apaixonado por artes, Alcino é, além do administrador da pousada, um artista plástico. Várias peças que ambientam a casa tem sua assinatura, a exemplo de painéis de parede, até xícaras e pires utilizados no café-da-manhã.

Onde ficar na Chapada Diamantina

No interior do imóvel, cada palmo foi detalhadamente pensado em termos de ambientação. Móveis, objetos de decoração, livros, revistas, tudo! A sensação é de que estamos num cenário de gravação de filme ou novela de época. A casa é bastante ampla, tem quartos no térreo e no primeiro andar. São doze quartos no total, incluindo a opção família, que pode ser ocupado por até quatro pessoas.

Onde ficar na Chapada Diamantina

Leia também: Restaurante Sabores da Suzi

Os quartos são super charmosos, com suíte em paredes de pedra, piso de madeira, abajus, teto inclinado. Difícil era querer sair do quarto pra fazer os passeios. A casa é um verdadeiro convite ao bem estar! Entre as acomodações, tem uma linda área de convivência, com redes, poltronas, cadeiras, almofadas, muito verde e pássaros cantando.

Onde ficar na Chapada Diamantina

A suíte dos quartos era muito bem decorada. Paredes em pedra e box de vidro, com vitrais e azulejos e painéis decorativos. Depois de um dia de caminhada, vai super bem um banho relaxante não é mesmo?

Onde ficar na Chapada Diamantina

O casarão é todo mobiliado com móveis antigos, azulejos e peças pintadas por Alcino. À disposição dos hóspedes estão varandas com redes, biblioteca, acesso à internet, jardim e um pomar de 3 mil metros quadrados.

Onde ficar na Chapada Diamantina

A casa abriga ainda o atelier do Alcino, que como falei anteriormente também é artista plástico e dos bons. O trabalho dele é primoroso e pode ser observado ao passear pela casa, nos objetos que decoram o ambiente e também no café da manhã, onde utilizam peças com sua assinatura (pires, xícaras e até algumas telhas da casa tem seu toque artístico.

As peças ficam expostas e podem ser adquiridas pelos hóspedes. Ele desenvolveu uma técnica própria em que no lugar de tinta utiliza argila dos garimpos da região.

onde ficar em lencois

O café da manhã

É o mais famoso de Lençóis, na Chapada Diamantina, e não estou exagerando. Bati perna de ponta a ponta e todos são unanimes em dizer que o café da manhã do Alcino é o melhor da Chapada! A fama é tamanha que muita gente mesmo hospedada em outras pousadas vai lá apenas para tomar o café da manhã.

Para isso, precisa fazer reserva com antecedência, pois a prioridade do espaço é claro dos hóspedes. Todos tomam café juntos numa única mesa de madeira bem grande.

Onde ficar na Chapada Diamantina

Alcino acorda cedo e ele mesmo vai compondo a mesa, cuidando de cada palmo daquele espaço como se estivesse montando uma peça de arte. Aos poucos, vão chegando sucos (bem diferenciados, tem até de romã e maracujá silvestre), pães, geleias de amora, tapioca, iogurte com abacate, frutas (fruta do conde ou pinha, mamão, melão, manga, quiuí, uvas), pão de queijo, bolo de aveia, queijos frescos, salame, entre tantas outras opções.

Onde ficar na Chapada Diamantina

É difícil citar tudo que a pousada oferece no café da manhã porque cada dia é diferente um do outro. Isso mesmo, o café não se repete. Num dia tem empadinhas, no outro cuscuz, e por aí vai. E dia a dia os hóspedes vão provando de tudo um pouco. Os alemães e os franceses são os hóspedes internacionais mais comuns por lá. Do Brasil, vem gente de toda parte.

Onde ficar na Chapada Diamantina

Os hóspedes ficam ali papeando e se deliciando com tudo que é preparado para eles começarem bem o dia. Leite e café também são feitos na hora. E Alcino vai explicando cada comidinha do que se trata. Ele mora na própria pousada e está sempre atento a cada detalhe. Estar hospedado na Pousada Estalagem ou do Alciono (como é mais conhecida) é sem dúvida um atrativo a mais para quem visita Lençóis.

Onde ficar na Chapada Diamantina

Alcino Estalagem
Tel.:  +55 (75) 3334-1171
Curta e siga também no facebook e instagram

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | chip internacional | passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem | passeios

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá em baixo!

Até logo!

Fabiano Antunes
Siga:

Fabiano Antunes

Turisteiro desde sempre, já rodou por 26 países e a maioria dos estados brasileiros, mas quer visitar o mundo inteiro. É jornalista de formação, escritor nas horas vagas e tem dois livros publicados. Um cara do tipo que vive pensando e planejando viajar. Adora mapas, coleciona bandeirinhas dos países e também bonequinhos caricatos de chumbo. E-mails para [email protected]
Fabiano Antunes
Siga:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: