Muita adrenalina: saiba como é o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

10168085_10152116817942672_2302646584969005710_n - Copia

Não é todo dia que podemos ir ali fazer um “mergulhinho” com tubarões brancos, não é mesmo? Portanto, se estiver planejando conhecer Cape Town, na África do Sul, não deixe de programar este passeio que é simplesmente imperdível! Claro que mesmo estando dentro de uma “jaula” é preciso muita, mas muita coragem para descer na água gelada e ficar frente a frente com essas feras dos mares. Neste post vou contar tudo sobre o mergulho com tubarões brancos, em Cape Town, na África do Sul.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

O passeio sai de Cape Town, mas o mergulho normalmente é realizado na cidade de Gansbaai, a cerca de 2 horas de distância. Devido à grande fartura de alimentos, é lá onde estão concentrados os tubarões brancos. Ainda no píer, de onde saem as embarcações, recebemos todas as orientações sobre como proceder durante o passeio que dura um dia inteiro, claro que somando da hora que sai ao retorno até nosso hotel. No mar mesmo o tempo médio é entre 3 e 4 horas.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

Quando o barco vai chegando ao seu destino, em meio ao mar gelado da África do Sul, já é possível observar alguns dos tubarões brancos dando voltas em torno de nossa embarcação. Certamente, sabem que em poucos minutos terão uma boa refeição para devorar. Não, não havia de ser os turistas encorajados, mesmo que com o coração acelerado a mil por hora. A comida a que me refiro são as cabeças de peixe que a tripulação do barco leva para atrair os “bichinhos” pra perto.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

Dicas

Fiz a reserva deste passeio no próprio hostel onde estava hospedado em Cape Town, e sugiro que você já faça a reserva no dia que chegar para ter tempo hábil de fazê-lo, pois não custa lembrar que passeios assim dependem da condição clima/tempo.

O famoso Shark Cage Diving, como é conhecido o mergulho de gaiola, atrai gente do mundo todo. Vale lembrar que não precisa comer tanto no café da manhã para não ter problemas de enjoo no barco, pois balança um pouco. O café está incluso no passeio e comi moderadamente, ainda assim tomei meu remédio de enjoo, pois prefiro me prevenir a ter problemas desse tipo.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

As águas são cristalinas e a visibilidade é muito boa. É chegada a hora de entrar na gaiola ou jaula, como queira chamar…não importa. De um jeito ou de outro, você certamente nunca esteve tão perto de um tubarão branco. Para alcançar a cabeça de pescado jogada a poucos metros do equipamento, eles agem com rapidez, chegando a bater na grade em que estamos inseridos dentro d´água. Dão verdadeiras rabadas na gaiola, o que é comemorado pelos turistas enlouquecidos por aventura.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

A Gaiola

Descemos com roupa de mergulho, mas ainda assim é grande o frio nas mãos que ficam expostas. A temperatura da água gira em torno dos 15 graus. Seguramos o tempo todo nas grades da gaiola e a pergunta que logo vem à cabeça é: ele (o tubarão) não vai comer meus dedos? Não! Pelo menos é o que garantem os instrutores. A explicação é que o tubarão tem uma visão generalizada da gaiola como se fosse um grande quadrado, não enxergando detalhes como os dedos de nossas mãos. Não ouse jamais colocar os braços para fora!

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

Ficamos ali alguns minutos, o suficiente para curtir, ter muito medo e sentir uma adrenalina daquelas! Os turistas descem na gaiola em grupos de 8 pessoas. Às vezes o grupo não está redondinho e é possível descer mais uma vez para completar o grupo seguinte. Portanto, já faça sinal de que gostaria de descer de novo se houver vaga. Cada grupo fica em torno de dez minutos dentro da gaiola e os demais ficam em cima do barco observando a ação dos tubarões e fazendo fotos, muitas fotos incríveis. A gaiola permanece anexada à lateral do barco todo o tempo. Ela não afunda, nós que baixamos para ver os tubarões e voltamos a submergir.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

A respiração na jaula é por meio de apnéia mesmo. Você puxa o ar, afunda na água e quando precisar renovar o oxigênio volta à superfície. A gaiola tem cerca de três metros de profundidade. É realmente difícil descrever o que senti ao ver um tubarão digno de cinema chegando tão perto. Alguns chegam a ter mais de 5 metros de comprimento.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

Para quem quer fazer fotos bacanas do bichão com a boca aberta, é preciso agilidade e uma boa câmera para pegá-lo até mesmo com a boca para fora da água, ao atacar uma cabeça de peixe. Dei sorte que até na hora de fazer uma foto no barco, um deles passou raspando na superfície para sair na foto.

Os passeios oferecem um serviço meio que padrão, que inclui transfer, café da manhã, almoço, lanche e toalhas, além da roupa de mergulho e máscara. O que pode ser diferente é a estrutura do barco, e quantidade de pessoas na gaiola. Por isso é bom perguntar sobre esses quesitos.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

Melhor época

O passeio acontece ao longo de todo o ano. Mas nos meses de inverno as condições de visibilidade são melhores. A atividade nesta época é mais comum nas proximidades de Dyer Island. Já nos meses de fevereiro a setembro, o mergulho é mais frequentemente realizado em Gansbaai e False Bay, mais próximos de Cape Town. Algumas operadoras oferecem ainda a opção de observação dos tubarões em atividades predatórias, caçando focas, próximo a Seal Island, esse passeio é mais caro e normalmente feito entre os meses de junho e agosto.

Adrenalina em nível máximo: tudo sobre o mergulho com tubarões brancos em Cape Town

Leia também nossos outros posts sobre a África do Sul:

Parapente: uma imperdível aventura em Cape Town

África do Sul muito além dos safáris

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | chip internacional | passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem | passeios

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá em baixo!

Até logo!

Fabiano Antunes
Siga:

Fabiano Antunes

Turisteiro desde sempre, já rodou por 26 países e a maioria dos estados brasileiros, mas quer visitar o mundo inteiro. É jornalista de formação, escritor nas horas vagas e tem dois livros publicados. Um cara do tipo que vive pensando e planejando viajar. Adora mapas, coleciona bandeirinhas dos países e também bonequinhos caricatos de chumbo. E-mails para [email protected]
Fabiano Antunes
Siga:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: