10 dicas para curtir os parques de Orlando sem perrengue

dicas para curtir os parques de Orlando

Parques, brinquedos, montanha-russa, princesas e muita fantasia. Parece um sonho, mas conhecer a “Disney” (como muitos falam) sem o devido preparo pode se tornar um verdadeiro pesadelo. Nesse artigo eu trago 10 dicas para curtir os parques de Orlando sem perrengue e olha, se eu fosse você, não deixaria de segui-las!

Dica 1: Descubra os melhores dias para visitar cada parque!

Pode parecer besteira, mas visitar os parques de Orlando sem saber o calendário de lotação deles pode tornar a sua visita um inferno. Tem dias que o Magic Kingdom é impraticável, em outros o Universal fica insuportável de cheio, mas não se preocupe: o maravilhoso crowd calendar vai salvar (ou pelo menos tentar salvar) a sua vida!

calendario-lotacao-disney-q1201601

Leia também: Qual a melhor época para visitar Orlando? Planeje sua viagem a Disney!

Dica 2: Saia mais cedo do hotel!

Uma das mais importantes dicas para curtir os parques de Orlando unânime em todo lugar que você pesquisar ou conversar: quem quer curtir muito os parques de Orlando tem que acordar cedo! De preferência chegar no parque até a primeira hora dele aberto, pois a tendência de ir ficando mais cheio aumenta com o decorrer do dia.

dicas

Dá pra se orientar antecipadamente sobre os horários de abertura e encerramento tanto dos parques da Disney quanto dos da Universal, Sea World, Bush Gardens e Legoland. Então não dê bobeira e mais: compre seus ingressos antecipadamente que sempre sai mais barato. Os próprios sites dos parques inclusive costumam oferecer muitas promoções e os melhores preços, então é bom ficar de olho.

Dica 3: Aconteça o que acontecer, vá de Uber!

Esse é outro famoso mito de Orlando. De fato a cidade não conta com um transporte público que leve a todos os parques, mas eu preciso discordar de quem fala que alugar um carro é essencial para desbravar a terra da fantasia. Em meus nove dias por lá eu usei, abusei e só andei de Uber para ir a todos os parques e também aos outlets e restaurantes, economizando tempo, filas de espera em estacionamento, stress com trânsito e dirigir no exterior, gasolina, burocracia e fui muito feliz.

dicas para curtir os parques de Orlando.

Tão satisfeito que fiquei, fiz um post comparativo entre andar de Uber  e alugar um carro, inclusive com valores para ajudar a quem tiver dúvidas, não deixe de conferir!

Dica 4: Leve o mínimo de coisas

Pelo amor de Deus, use roupas leves e ande com uma mochila pequena! Outro item indispensável é o protetor solar, já que na Florida faz muito calor praticamente o ano inteiro. Pequenos lanches como frutas e barrinhas de cereais também podem salvar o seu dia em muitos momentos quando bater fome e você estiver numa fila com horas de duração.

Todas as mochilas são inspecionadas antes da passagem no raio-x, portanto fique atento ao que não pode entrar nos parques. Não é permitido a entrada de bebidas alcoólicas e alguns parques não permite nem mesmo a entrada de água (mas pode levar garrafinha vazia para encher lá dentro). Sobre câmeras fotográficas, vi gente sofrendo para carregar pesadas DSRLs o dia todo naquele sol escaldante. Tripés também não são permitidos na maioria dos parques.

Tá vendo o tamanho da minha mochilinha aí no chão? Pois é, nela tinha tudo que eu precisava!

Ainda sobre as mochilas, é permitido circular com elas por dentro dos parques, mas alguns brinquedos não aceitam a entrada de tais objetos. Alguns atrativos tem armários gratuitos apenas para quem vai se divertir neles, outros tem pacotes de armários diários ou com período de tempo fracionado. Em breve faço um post explicando a regra dos armários de cada parque.

Como a proposta dos parques é diversão, levei apenas uma “câmera de ação”, dessas que estão fazendo o maior sucesso, para registrar alguns momentos entre um brinquedo e outro. Detalhe importante: a maioria das montanhas-russas não permite a entrada de dispositivos de foto e filmagem (o que inclui celulares e tablets), em alguns poucos lugares era permitido somente com o uso de um colete no peito.

As pessoas esquecem, mas é importante levar ao menos remédios para dor de cabeça, enjoo e para dores no corpo, além de algum outro sintoma que você possa estar sentindo. Não há remédios comercializados em nenhum dos parques. Essa deveria ser uma das dicas para curtir os parques de Orlando.

dicas para curtir os parques de Orlando..

Dica 5: Estude as atrações e os shows (time guide) de cada parque

Cada parque tem as suas peculiaridades e não saber quais são elas pode fazer com que você não aproveite o melhor deles. Já vi gente falando sobre percorrer o parque no sentido anti-horário, ir primeiro nas atrações mais procuradas e por aí vai. A minha dica nesse caso é baixar o aplicativo da Undercovertourist, que mostra o tamanho das filas em tempo real e assim te ajudam a saber qual o melhor brinquedo encarar na sequência.

O aplicativo precisa de internet e alguns parques oferecem wi-fi gratuito, mas a minha dica aqui é ter um chip pré-pago da Easysim4U para ficar conectado.

dicas para curtir os parques de Orlando.Leia também: Vantagens incríveis do chip internacional com internet no exterior

É claro que se você chegar cedo o melhor mesmo é ir direto para as atrações mais concorridas, pois certamente ainda estarão vazias.

O time guide é um pequeno folheto que pode ser encontrado na entrada de praticamente todos os parques e contém os horários dos shows e apresentações performáticas como musicais, encenações e intervenções das mais diversas possíveis, recomendo muito ficar de olho nelas também.

Dica 6: Aprenda a se localizar dentro dos parques

Pode parecer meio óbvio, mas não é. Mais uma vez recomendo que você estude (e faça download) os mapas antecipadamente e tenha em mente quais brinquedos deseja conhecer, pois as vezes é preciso percorrer distâncias consideráveis para ir de um brinquedo a outro. É relevante também saber quais atrações tem fila de single riders, agendar previamente seus fast pass + e outras especificidades de cada parque.

Quem vai com crianças de colo tem que se preocupar ainda com o aluguel de carrinhos de bebê e outros detalhes que relato em posts específicos futuramente. Em toda entrada dos parques tem um mapinha com tudo bem explicado, a maioria inclusive tem versão em português!

dicas para curtir os parques de Orlando.

Outra dica esperta: Nos quatro parques da Disney (Magik Kingdom, Animal Kingdom, Hollywood Studios e Epcot), no centro de visitantes é possível pegar DE GRAÇA bottoms com mensagens de “Primeira visita”, “Feliz aniversário”, “Estou celebrando” e “Feliz para sempre”. Já nos da Universal é possível encontrar também de graça os botões de “É meu aniversário!” e “Estou celebrando”, então aproveite para pegar essas recordações!

Dica 6: Entenda o que são e para o que servem single riders e fast pass+

Esses dois famosos recursos podem salvar seus dias na maioria dos parques. Explicando de maneira bem simples, o fast pass+ é um tipo de “fura-fila”, mas no estilo americano: com horário agendado e fila separada da outra regular. Nos quatro parques da Disney quem compra o ingresso já tem direito a agendar 3 fast pass+ diários, tudo online, como explicou tintim por tintim a Thaís, lá no blog Guia Mundo Afora.

Nos demais parques como Universal e Sea World, esse passe pode ser adquirido por um custo adicional, então é preciso consultar as condições e valores em cada um deles.

Single riders é o termo utilizado para explicar a situação de “completar o carrinho”. É muito comum que nas atrações mais concorridas de todos os parques exista essa opção, pois como a maioria das pessoas está em grupos, acaba sobrando um ou outro lugar nos carrinhos, certo?

dicas para curtir os parques de Orlando.Leia também: Hospedagem em Orlando – escolha o Coco Key Hotel & Water Resort

Pois então, a fila de single riders é feita para pessoas que não se importam de sentar ao lado de desconhecidos e completar esses “buracos” que ficam nos atrativos. Posso falar uma coisa? Economiza tempo demaaaaais e vai facilitar muito a sua vida, vai fazer o seu dia render muito mais!

É claro que você não vai estar sentado do lado da sua mãe ou daquele seu amigo, mas pensando pelo lado prático, quando estamos no brinquedo não conversamos nem comentamos nada com ninguém, não é mesmo? Dá pra esperar e falar só no final do atrativo, então tá recomendado!

Além disso, mesmo que esteja com mais alguém, você pode entrar na fila de single riders junto dessa (ou dessas) pessoa (s) que vocês até correm o risco de irem juntos no brinquedo. A Thais também detalhou sobre isso lá no Guia Mundo Afora para quem quiser saber mais.

Dica 7: Faça pausas e beba muito líquido

Não sei você, mas eu quando estive em Orlando parecia uma criança emocionada e sem limites. Tudo por lá é feito para chamar sua atenção e os dias podem se tornar verdadeiras maratonas, portanto é importante lembrar de fazer pausas, inclusive tentar sentar um pouco sempre que possível, afinal não é nenhuma surpresa que os visitantes cheguem a ficar por até 12 horas em alguns parques.

dicas para curtir os parques de Orlando.

Além disso, não se esqueça de beber muito líquido, pois com o calor e as andanças o risco de desidratação é enorme. É possível adquirir refis de bebidas (não alcoólicas) recarregáveis em praticamente todos os parques, eu mesmo comprei e achei que valeu muito a pena.

Dica 8: Alimentação

Além da hidratação, outro ponto muito importante é a alimentação. Evite comer coisas pesadas e tente comer em intervalos de algumas horas várias vezes ao dia. Saiba também que é muito comum as pessoas levarem comida para os parques, afinal os preços lá dentro costumam ser bem caros.

Informe-se e saiba o que pode e o que não pode levar antecipadamente. Nunca vou me esquecer do dia em que precisei pagar 12 dólares (multiplicado por R$3,50) por um cachorro quente com um copo de refri no Magic Kingdom porque tinha acabado meu lanche e estava faminto. Maldita conversão de moeda, viu?

Dica 9: Não faça dois parques no mesmo dia

Outra dúvida sempre recorrente é essa: fazer ou não dois parques no mesmo dia? Bem, a minha resposta é não faça!

dicas para curtir os parques de Orlando.

Primeiro porque para conhecer bem um parque você vai levar o dia todo. Eu sei que a ansiedade e a curiosidade são grandes, mas se não tiver tempo suficiente para ficar em Orlando, não desperdice o seu dinheiro para percorrer superficialmente pelos atrativos numa espécie de competição de quem vai em mais parques.

Sem contar que esses lugares ficam a distâncias consideráveis uns dos outros e isso também deve ser levado em conta! Eu mesmo tinha planejado de fazer o Animal Kingdom e o Aquática no mesmo dia, porém não dei conta. Prefira planejar mais de uma viagem a Orlando do que fazer dois parques no mesmo dia.

Você também precisa contar com o tempo gasto para os procedimentos de revista pessoal e de mochila, validação de ingressos, filas e mais filas e muita caminhada. Bati meu recorde no dia em que meu marcador de distância acusou 18 quilômetros percorridos caminhando, da pra acreditar??? Pense fazendo então dois parques.

dicas para curtir os parques de Orlando.

O único caso em que acredito ser menos pior (se é que assim possa se dizer) de combinar dois parques no mesmo dia é a dobradinha Epcot com Magic Kingdom. Digo isso apenas por dois motivos: primeiro porque existe um monorail que interliga gratuitamente (sim, de graça para quem tem o ingresso dos parques) esses dois parques que não estão tão distantes. O segundo motivo é que o Magic Kingdom tem seu show de encerramento bem tarde e não achei que o Epcot tivesse assim tanta coisa pra fazer, é o menor dos parques da Disney.

Contudo mesmo dizendo que é possível eu não diria que é recomendado, afinal eu mesmo fiz os dois parques em dias separados e o Magic Kingdom é um monstro de gigante e de coisas para fazer, sobretudo se você tiver com crianças.

Tem muita gente que insiste em combinar o Universal Studios com o Island of Adventure, afinal é possível ir caminhando de um desses parques para o outro, mas já aviso: será impossível (e um verdadeiro desperdício) conhecer tudo desses dois que foram os meus parques favoritos na cidade. É tanta coisa boa que você vai acabar arrependido se fizer isso no final das contas.

Dica 10: Não se culpe por nada que sair dos planos

dicas para curtir os parques de Orlando.Quando eu estava no Bush Gardens começou a relampejar e eu não consegui ir nessa montanha-russa, sniffs…

Falar para você aproveitar ao máximo tudo que a mágica região de Orlando tem a oferecer é fácil, difícil mesmo vai ser enfrentar in locco as mais diversas condições (clima, fila, fome, fotos com personagens, crianças chorando) para usufruir desse paraíso do entretenimento.  Haverá filas que estarão simplesmente impraticáveis e as vezes você vai se sentir tão esgotado que a única coisa que passará na sua cabeça será imaginar-se relaxando no quarto ou na piscina do hotel.

Portanto não se culpe se tiver que deixar aquela montanha-russa de fora do seu check-list ou então se ao final do dia estiver tão cansado que simplesmente não consiga esperar pelo show de encerramento dos parques (todos são perdoáveis, menos o do Magic Kingdom, tá?).

dicas para curtir os parques de OrlandoFoto: | The Huffington Post, mas as fotos jamais vão traduzir a sensação de assistir esse show ao vivo!

Eu mesmo estava tão exausto no dia em que visitei o Epcot que me dei ao luxo de ir embora antes do show de encerramento. Lembre-se que o mais importante da viagem é se divertir!

dicas para curtir os parques de Orlando

Clique em “Salvar” no pin acima se quiser ler depois e siga o Turisteiro no Pinterest!

Ao final dessa lista de dicas para curtir os parques de Orlando creio que você esteja muito mais preparado para desfrutar do mundo mágico oferecido por lá. Mesmo que algumas coisas não saiam exatamente como esperado será inevitável pensar na vontade de voltar. Conheci muita gente que já estava na quarta, quinta visita, também fiquei doido para voltar. No mais, desejo uma ótima viagem. E viva a magia!

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | chip internacional| passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem | passeios

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá em baixo!

Até logo!

Salvar

Salvar

Amilton Fortes
Siga:

Amilton Fortes

Administrador, agente de viagens, especialista em coaching, fotógrafo e um turisteiro nato que adora escrever contando especialmente as coisas que ninguém disse sobre os lugares que visita. Segue pelo mundo colecionando seus ímãs de geladeira. contato: [email protected]
Amilton Fortes
Siga:

26 thoughts on “10 dicas para curtir os parques de Orlando sem perrengue

  1. Analuiza (Espiando Pelo Mundo) says:

    Olá… Eu já tinha lido o texto e até comentado o quanto ele é interessante e válido para quem visita os parques. Dicas ótimas! Vou ressaltar dessa vez a última: “… o mais importante da viagem é se divertir!”. É isso aí! 🙂 Ana

  2. Mapa na Mão says:

    Ótimo post, ótimas dicas!! Já estou passando o link por e-mail para o meu irmão que está indo para lá semana que vem. Ainda existe o fast pass? Achei que tinha acabado. Abraços.

  3. Casal com rodinhas nos pés says:

    Caro Amilton, esse seu post era tudo que eu precisava!
    Ontem mesmo estava conversando sobre o sonho de conhecer esse parque. Iremos usar suas dicas quando planejarmos a nossa viagem pra lá.
    Parabéns e obrigada!

    Makenna e Dyxklay

  4. siganaviagem says:

    Que blog incrível. Adoramos a postagem das dicas dos parques… na época em que fomos não havia Uber. Gastamos US$ 20 mais ou menos em cada estacionamento dos parques. Super completo. Parabéns!

  5. Camila Salgueiro says:

    Olá Amilton,
    Adorei o post, sou apaixonada pela Disney e já fui 3 vezes para a de Orlando.
    Dicas valiosas mesmo!
    O importante é se divertir no lugar mais feliz do mundo! <3

    • turisteiro says:

      Que joia, obrigado pelo seu comentário! Eu queria muito que alguém tivesse escrito esse post antes de eu ter ido, mas espero que ajude muitas pessoas. Abs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: