Travessia do deserto de sal: como chegar no Salar de Uyuni

Como chegar no Salar de Uyuni

Quem pretende conhecer o maior deserto de sal do mundo vai acabar esbarrando nessa delicada questão: como chegar no Salar de Uyuni? A resposta é que existem vários jeitos, inclusive por vários países e também pode dentro da própria Bolívia. De trem, ônibus ou avião, nesse post eu explico e detalho todas as maneiras e rotas possíveis, confira.

Como chegar no maior deserto de sal do mundo?

A cidade de Uyuni fica mais ou menos no sul da Bolívia, a certa distância das fronteiras com o Chile e Peru e um pouco mais afastada da Argentina, Paraguai e Brasil. O melhor jeito de chegar no maior deserto de sal do mundo é por avião, mas é claro que essa é a opção menos econômica. O aeroporto local é modesto, não há voo direto nem indo nem vindo de lá para nenhum outro país.

Como chegar no Salar de Uyuni

Leia também: Dica de hospedagem Salar de Uyuni: luxo e conforto no Hotel de Sal Luna Salada

Como chegar no Salar de Uyuni saindo do Brasil

Muitos #turisteiros iniciam a viagem por Corumbá/MS, na fronteira brasileira com a Bolívia. De lá é preciso pegar um táxi até a cidade boliviana de Quijaro, onde muita gente ainda opta por embarcar no famosinho Trem da Morte. O percurso dura, no mínimo, 17 horas até Santa Cruz de La Sierra e de lá segue-se viagem.

E por mais que essa pareça uma grandiosa aventura no estilo mochilão, além da certeza de muitos perrengues, posso afirmar que essa já não é mais a maneira preferida de quem pretende chegar ao Salar de Uyuni, muito menos daqueles que querem ingressar a Bolívia. Pode até ser a maneira mais barata e incluir belas paisagens, mas definitivamente é um jeito bastante trabalhoso.

Não existe voo direto do Brasil até a cidade de Uyuni. A maneira mais rápida, prática e direta é embarcar em um voo de São Paulo ou de outras cidades brasileiras para La Paz ou Santa Cruz de La Sierra, ambos com saídas diárias e de onde é possível seguir por terra, trilhos ou até mesmo em um outro voo para Uyuni.

Como chegar no Salar de Uyuni saindo da Bolívia

Saindo de La Paz

O jeito mais comum de chegar em Uyuni desde La Paz é de ônibus, sendo esse talvez o trajeto mais comum por quem sai da Bolívia. A viagem dura cerca de 10h30 min e tem opção de saída tanto à noite ou durante o dia. A passagem pode ser adquirida pelo site da tickets Bolivia.

Existem voos diários desde La Paz para Uyuni com as duas companhias aéreas bolivianas, a Amazonas e a Boa. O tempo de voo aproximado é de uma horinha e a economia de stress, riscos e cansaço deve ser indescritíveis!

Como chegar no Salar de Uyuni

Saindo de Santa Cruz de La Sierra

Muito comum também é sair de Santa Cruz de La Sierra tendo que fazer uma baldeação na cidade boliviana de Sucre. Por ônibus, a viagem dá quase um dia inteiro viajando, o que não é muito viável, todavia é vendido no site da tickets Bolivia. Foi o percurso que eu realizei, mas graças a Deus, consegui um voo barato desde Santa Cruz até Sucre (cerca de 50 dólares e uma hora de voo comprados diretamente no site da aerolínea boliviana Amazonas). Com isso economizei muito tempo e também evitei alguns riscos.

Os relatos informam que o trecho terrestre entre Santa Cruz de La Sierra e Sucre é muito perigoso e que ocorrem acidentes frequentes por lá, mas se você está disposto a correr o risco boa sorte! É bom avaliar se essa realmente será a sua melhor opção principalmente considerando a relação risco versus preço versus tempo de viagem. 

Saindo de Sucre

A capital constitucional da Bolívia recebe voos diários tanto de Santa Cruz de La Sierra quanto de La Paz e essa pode ser uma alternativa mais econômica (e bem viável) para quem quer pagar um valor mais acessível do que o voo direto até Uyuni (que só sai de La Paz), combinando assim um voo com outro trecho de ônibus, gastando menos tempo do que se fizesse o trajeto todo apenas de ônibus partindo de qualquer uma das duas cidades anteriormente mencionadas. Foi justamente o que eu fiz. Na volta da minha viagem tive que dormir uma noite em Sucre e não encontrei quase nada de atrativos turísticos que me chamaram a atenção, portanto não recomendo parar e ficar na cidade.

Como chegar no Salar de Uyuni

Do aeroporto de Sucre peguei uma “van” que me custou 8 bolivianos para me deixar diretamente no terminal de ônibus que seguiria para Uyuni. Um táxi para esse mesmo percurso custava 60 bolivianos. O trajeto entre o aeroporto e o terminal de ônibus demorou cerca de 1 hora.

Eu também já tinha comprado a passagem de ônibus (o bilhete pode ser adquirido no site da tickets Bolivia) para Uyuni desde Sucre e essa me custou 10 dólares (foi preciso um cartão de crédito internacional habilitado para uso no exterior). Recomendo comprar o bilhete de Sucre para Uyuni com alguma antecedência, pois a oferta de ônibus saindo de lá é limitada e pode se esgotar dias antes da viagem.

O ônibus saiu às 20h 30min de Sucre chegando em Uyuni às 4h 30 min do dia seguinte. Vi também uma opção de viagem diurna, que te da o benefício de não viajar à noite e dormir no ônibus porém faz perder um dia inteiro viajando.

Detalhes importantes desse trecho de ônibus: as poltronas eram confortáveis e fez bastante frio principalmente durante a madrugada. O banheiro do veículo permaneceu fechado durante todo o trajeto (li que isso é muito comum, portanto evite tomar muito líquido antes de embarcar e também procure fazer suas necessidades na rodoviária de Sucre antes da saída) e paramos apenas uma vez, no meio do nada e do escuro, onde praticamente todos desceram e urinaram, defecaram e vomitaram no meio da estrada, sem qualquer cerimônia ou infra estrutura. Leve água e comida consigo porque não é possível comprar nada no meio desse caminho.

A chegada em Uyuni foi, de maneira nada agradável, por volta das 4h 30min da madrugada numa rua do centro da cidade que estava praticamente deserta. Viajei no mês de julho (primeira quinzena) e fazia um frio descomunal quando saímos do veículo, tenho a certeza de que a temperatura estava negativa. Tudo fechado, fomos informados que as agências só abririam por volta das 6h 30 min.

Como chegar no Salar de Uyuni                               Foto: Blog Across the Universe

Não sei qual é a lógica desse ônibus chegar em Uyuni no meio da madrugada, ainda mais porque a maioria dos ocupantes eram turistas e não tinham onde se abrigar, mas enfim: eu já tinha recebido vários “bienvenidos a Bolivia!” até essa parte da viagem e não pretendia reclamar. Não sei como a maioria das pessoas foi misteriosamente desaparecendo dali, creio que para restaurantes e hotéis.

Por um milagre divino (ou estratégia de marketing), a equipe da Thiago Tours estava a postos quando chegamos e tinham uma loja bem de frente a parada dos ônibus, nos convidando a esperar dentro do seu espaço até que o dia amanhecesse. Lá dentro tinha aquecedor e um chazinho, então era meio que inevitável aceitar aquele convite. Tomamos um chá de coca e conversamos descompromissadamente, aproveitando inclusive para tirar todas as dúvidas sobre o passeio.

Como chegar no Salar de Uyuni

Leia também: Travessia no deserto de sal: como planejar uma viagem ao Salar de Uyuni

Saindo de Oruro

Oruro é uma parada estratégica para quem não quer enfrentar tantas horas de viagem desde La Paz até Uyuni. Saindo da capital boliviana, é possível viajar de ônibus até essa cidade (cerca de 4 horas e com muitas opções de horários) e fazer uma pausa. Oruro também recebe visitantes que saem de Cochabamba e querem fazer uma pausa.

Em Oruro é possível seguir viagem de trem (isso mesmo, existe uma estação ferroviária na entrada do deserto de sal!) ou de ônibus até Uyuni. Informações no site da tickets Bolivia para o ônibus e também para o trem. Existe uma outra opção de trem da Empresa Ferroviária Andina.

Geralmente quem sai de La Paz ou Cochabamba passa em Oruro apenas porque o ônibus pega mais passageiros por lá, seguindo diretamente para Uyuni sem ter que fazer qualquer tipo de baldeação. 

Como chegar no Salar de Uyuni saindo do Chile

Saindo de San Pedro do Atacama

Essa talvez seja a rota mais comum e conhecida de quem visita o Salar de Uyuni, pois um passeio ao maior deserto de sal do mundo é perfeitamente combinável com a visita ao popular deserto do Atacama, aliás, o Salar de Uyuni está muito próximo da fronteira com o Chile.

Nesse caso, as opções são duas: contratar diretamente o tour para a travessia do Uyuni em San Pedro do Atacama, onde várias empresas realizam esse passeio com ida e volta inclusa ou apenas ida, permitindo quem quiser ficar em Uyuni seguir viagem de lá sem problemas. O tour de 3 dias ao Salar de Uyuni (com retorno a San Pedro) custa em média 180 dólares ou 115.000 pesos chilenos, se comprado na cidade de de San Pedro do Atacama.

Como chegar no Salar de Uyuni

Leia também: Santiago, no Chile: montanhas, neve e muito mais!

A segunda opção é contratar apenas um “transfer” em San Pedro do Atacama até a cidade de Uyuni, o que custa cerca de 50.000 pesos chilenos ou aproximados 70 dólares. Tive que usar essa opção na volta de San Pedro do Atacama para Uyuni e escolhi a Colque Tours. Foram aproximadas 10 horas para percorrer todo o percurso entre as duas cidades porque eu seguiria viagem de Uyuni voltando para Santa Cruz e já havia feito a travessia no sentido contrário. Considere que os valores foram pesquisados em julho de 2016.

Saímos por volta das 7h 30 min de San Pedro e chegamos em Uyuni era pouco mais de 17h 30 min. Paramos para o café da manhã, imigração chilena e também boliviana, trocando de carro na fronteira entre os dois países, além de uma parada para almoço, refeição que já estava inclusa no preço desse “transfer”.

Em ambos os casos de travessia, o valor de 150 bolivianos para cruzar o Parque ou Reserva Eduardo Ávaroa é obrigatório e não estará incluso. Além dele, é cobrada uma taxa opcional para quem realiza o passeio e quiser entrar na Ilha Incahuasi” (ou Isla Pescado), onde estão os cactos gigantes. Portanto tenha essa grana separada! Nas casas de câmbio de San Pedro é possível comprar moeda boliviana sem problemas, o que recomendo que seja feito antecipadamente a travessia.

Para quem pensou em sair de San Pedro no transfer e comprar o tour de 3 dias diretamente lá no Uyuni eu já digo: tire isso de cabeça! Em termos de preço, a travessia comprada em Uyuni custa cerca de 100 dólares ou 700 bolivianos. Adicione a isso os 70 dólares do transfer para fazer o percurso da ida e ainda a dor de cabeça de ter que negociar com bolivianos, além de arranjar uma noite de hotel por sua conta e colocá-la no somatório final, o que eu não recomendo.

Como chegar no Salar de Uyuni

Não existe voo direto nem de Santiago muito menos de Calama para Uyuni, em ambos os casos é preciso fazer uma escala em La Paz, mas o mais comum mesmo é fazer a travessia partindo de San Pedro de Atacama das formas que foram mencionadas.

Como chegar no Salar de Uyuni saindo da Argentina

Saindo de Buenos Aires

Muitos argentinos e alguns turistas que estão mochilando pela América do Sul também fazem esse percurso. Partindo da capital portenha é preciso pegar um ônibus até a famosa cidade de Salta, que merece pausa de alguns dias para ser visitada. O percurso entre essas duas cidade dura cerca de 20 horas, porém vi relatos dizendo que a viagem é confortável e não muito cansativa.

Existe uma opção nada econômica de voar de Buenos Aires para La Paz, Potosi, Oruro ou ainda escolher o destino final Uyuni (com escalas, é claro!), seguindo o percurso a partir dessas outras cidades como indicado anteriormente nesse mesmo post.

Saindo de Salta

Pouco conhecida pelos brasileiros, Salta é uma incrível cidade turística que merece ser visitada, como relatou o Rafael Sette, do 360 meridianos, que recomenda uma pausa de pelo menos dois dias pela cidade.

Quebrada-das-Conchas-Salta                         Foto: Rafael Sette | 360 meridianos

Partindo de lá, são cerca de 6 horas de ônibus até a fronteira com a Bolívia, desembarcando em La Quiaca, depois da pra ir a pé até a cidade vizinha Villazon, de onde se pega um trem até Uyuni gastando aproximadamente mais 8h 30 min para realizar o percurso. Esse percurso também pode ser feito no sentido contrário, ou seja: a partir de Uyuni até Salta, inclusive vi algumas pessoas que estavam nessa jornada.

Como chegar no Salar de Uyuni

Como chegar no Salar de Uyuni saindo do Peru ou do Paraguai

Apesar de fazerem fronteira com a Bolívia, chegar ao Salar de Uyuni por esses dois países não é tarefa das mais fáceis. Em ambos os casos existem rotas tanto de ônibus quanto de avião com escalas que passam por Santa Cruz de La Sierra ou La Paz, porém não é comum que nenhuma delas seja feita por brasileiros.

Mas ainda falando sobre o assunto, encontrei pessoas que foram de San Pedro do Atacama para as cidades peruanas de Arica, Tacna, Arequipa, Lima e Cuzco e vice-versa, geralmente de ônibus, e posso informar apenas que existem linhas regulares que fazem esse percurso entre os pontos citados.

Já das cidades paraguaias para Uyuni é possível fazer o percurso de ônibus até Salta (aproximadas 16 h e 30 min) com uma baldeação em Resistencia, na Argentina, e de lá seguir viagem.

Conclusão da melhor maneira de chegar e sair do deserto de sal:

Ao meu ver, a melhor maneira de como chegar no Salar de Uyuni é ir para La Paz, pegar um voo direto de lá para a cidade de Uyuni e fazer a travessia até San Pedro de Atacama, combinando esses dois destinos com o tour de 2 noites e 3 dias pelo Uyuni mais 5 ou 6 dias pra curtir todos os principais passeios do Atacama. Ao final da viagem, sugiro ainda voar de Calama (cidade vizinha) para Santiago, podendo ou não gastar umas noites por lá e então finalmente voltar para o Brasil.

Como chegar no Salar de UyuniVida de quem está “mochilando” não é fácil, viu?

Então não recomendo comprar a passagem de ida e volta nem pelo Chile muito menos pela Bolívia, o ideal mesmo é entrar por um e sair pelo outro. Espero que esse post ajude a tirar todas as dúvidas no planejamento da sua viagem e que você aproveite ao máximo todas as belezas desse incrível e exótico pedacinho do mundo!

Leia também os tópicos sobre o Deserto do Atacama:

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | chip internacional| passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem | passeios

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá em baixo!

Até logo!

Amilton Fortes
Siga:

Amilton Fortes

Administrador, coaching e muito ligado em tecnologia. Gosta de economizar dinheiro e se alegra quando encontra uma promoção ou desconto pra viajar. Turisteiro nato, viajante quase profissional, escreve e tira muitas fotos nas horas vagas. Quer desbravar o mundo de todas as formas possíveis, contando suas experiências e ajudando as pessoas a terem viagens inesquecíveis. Coleciona ímãs de geladeira. É do tipo sorridente, meio criança e se impressiona fácil. E-mails para turisteiro@hotmail.com.
Amilton Fortes
Siga:

32 comentários em “Travessia do deserto de sal: como chegar no Salar de Uyuni

  • 23/12/2016 em 07:11
    Permalink

    Muito bom o post! Parabéns!!! Super descritivo e com informações muito importantes.

    Resposta
  • 23/12/2016 em 07:26
    Permalink

    Post completíssimo! Muito bom! Eu fui por Santa Cruz e Sucre, pra minha alegria, pq adorei conhecer Sucre! Cidade muito fofa!

    Resposta
  • 23/12/2016 em 10:03
    Permalink

    Ótimo post!!!
    A primeira vez que tentei ir para Uyuni foi por La Paz, de ônibus. Deu tudo errado, eu fui assaltada, o país entrou em greve, as estradas fecharam e o que fiz foi voltar pro Brasil.
    Da segunda vez fui pelo Atacama. Teve greve e estradas fechadas de novo, mas consegui chegar por um caminho mais longo.
    Uyuni sempre tem seus perrengues (ou talvez eu atraia greves e estradas fechadas, acho que pode ser isso!)

    Resposta
    • 23/12/2016 em 10:21
      Permalink

      Acho que o problema está na Bolívia viu Patricia! Como eu disse e vc tb lembrou, Uyuni sem perrengues é praticamente impossível. Abs

      Resposta
  • 24/12/2016 em 06:51
    Permalink

    Adorei o post. O salar está na minha wish list, e suas opções de caminhos até lá, serão muito úteis. Parabéns!

    Resposta
  • 24/12/2016 em 10:43
    Permalink

    Muito legal seu post analisando as diversas opções de transporte até Uyuni. Já tinha visto muitos posts falando sobre o destino, mas nenhum que analisasse tão bem as opções de chegada/saída. Muito bom!

    Resposta
  • 24/12/2016 em 11:30
    Permalink

    Muito legal mesmo, em todos os lugares que leio parece ser difícil chegar até lá e um tanto cansativo, então posts como o seu sempre caem como uma luva com dicas valiosas pra chegar lá com sucesso. Não sou fã de mochilões porque viajamos com as crianças, mas gostei da ideia, meu marido tem muita vontade de mochilar, então quando as crianças estiverem maiores vou pegar todas essas dicas! O post está excelente!
    Beijos.

    Resposta
    • 24/12/2016 em 14:47
      Permalink

      Ótimo Paula! Pois é, lá não é um lugar pra crianças muito novinhas, mas adolescentes já devem fazer uma festa. Espero que você possa conhecer e aproveitar muito esse lugar lindo!

      Resposta
  • 24/12/2016 em 11:48
    Permalink

    O post ficou bem completo e informativo. Ótimas fotos!
    Morro de vontade de conhecer o Salar e uma das minhas preocupações é justamente como chegar, qual o melhor metodo e o post me ajudou bastante com isso.

    Resposta
    • 24/12/2016 em 14:48
      Permalink

      Que ótimo Juny! Feliz em saber que foi útil, espero que vc possa viajar e curtir muito esse incrível lugar!!! Abs

      Resposta
  • 24/12/2016 em 12:58
    Permalink

    Man, nada melhor do que um mochilão desses renovar a alma! Esta será uma próxima viagem certamente. Parabéns pelo post, vai me ajudar muito a programar minha viagem! um abraço!

    Resposta
    • 24/12/2016 em 14:49
      Permalink

      Obrigado Flavio! Espero que você curta muito o Uyuni e saber que estou ajudando no planejamento me deixa muito feliz. Abs

      Resposta
  • 24/12/2016 em 20:07
    Permalink

    Nunca animei de ir pro Salar pelo tamanho do perrengue! Mas chegando por La Paz e saindo pelo Atacama parece ser uma ótima pedida. Vou dar uma olhada nos hotéis pra ver se eu animo 🙂
    Obrigada!

    Resposta
    • 25/12/2016 em 02:36
      Permalink

      Pois é Camila… eu gostaria muito de ter me aconselhado com alguém sobre essa ideia e creio que seja a melhor maneira mesmo. Tomara que vc goste! Abracos

      Resposta
  • 25/12/2016 em 19:45
    Permalink

    Ao final, a melhor forma foi a que eu já sabia!! Que bom saber 😀 mas fiquei maravilhada com todas as outras possibilidades para chegar lá. E acredito que qualquer forma que se escolha, o destino aí compensa. Excelente post, parabéns.

    Resposta
  • 26/12/2016 em 16:49
    Permalink

    Super informativo, muito bom! Não é um destino que está nos meus planos imediatos, mas vou salvar seu post nos favoritos. Vai que…?

    Abraço, feliz ano novo!

    Resposta
  • 30/01/2017 em 17:10
    Permalink

    Olá, você teve uma boa experiência com Thiago Tours? recomenda o serviço deles?

    Resposta
    • 30/01/2017 em 18:35
      Permalink

      Oi Livia! Então, o pré-atendimento da empresa foi excelente e as refeições e alojamentos também me deixaram satisfeitos. O único problema foi o nosso guia, inclusive rolou um desentendimento com ele e isso prejudicou um pouco o nosso passeio, o que só não tirou a nossa alegria graças ao grupo que formamos. Como citei, acho que o mais importante mesmo nesse passeio é o grupo, pois de uma forma ou de outra, percebi que é natural passar por algum perrengue. Mas não deixe de pesquisar e negociar na hora, não vi necessidade alguma de fechar antecipadamente. No mais, aproveite bastante!

      Resposta
  • 13/02/2017 em 10:31
    Permalink

    Mt bom!!
    Eu gostaria de saber dos gastos com alimentação, estadia e transportes no trajeto que você fez. Eu estou pensando em ir de La Paz à Uyuni e de lá para San Pedro e depois para São Paulo, sabe mais ou menos quanto eu vou gastar com transportes nesse trajeto? E alimentação e estadia, quais as dicas??

    Obrigado desde já!! 🙂 🙂

    Resposta
    • 15/02/2017 em 21:28
      Permalink

      Oi Filipe! Estou preparando um post especial com todas essas (e muitas outras) informações atualizadas, devo publicá-lo em breve ok?
      Continue nos visitando para ficar ligado…
      Abs

      Resposta
      • 24/07/2017 em 12:06
        Permalink

        Era disso que eu tava falando quando disse que seu blog esta massa! Este post está show demais. Só dicas matadoras!

        Já to montando meu roteiro com base no seu haha

        Abç!

        Resposta
        • 27/07/2017 em 00:25
          Permalink

          Puxa Flavio, é muito gratificante ler um comentário como o seu. Só me motiva a continuar escrevendo sempre mais. Gde abraço!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: