Como chegar na Ilha do Campeche: descubra esse paraíso em Floripa!

15129007_10154259986497672_2363504975314924945_o

Localizada na costa leste de Floripa e em frente à Praia do Campeche, a ilha que leva o mesmo nome possui rico ecossistema e abriga patrimônio arqueológico do Estado de Santa Catarina. Ela é formada por costões e morros cobertos de Mata Atlântica. Possui uma única e bela praia com areia fina e bem branquinha. O mar é calmo, tem poucas ondas e a água uma delícia de se banhar. Descubra nesse post como chegar na ilha do Campeche.

Como chegar na Ilha do Campeche

Leia também: Onde ficar em Florianópolis: Hostel Way 2 Go!

Como chegar na Ilha do Campeche?

Atualmente, a ilha do Campeche está sob administração do Iphan, por isso a entrada no local é limitada. São 780 pessoas por dia e, na alta estação, o número é limitado a 800 por dia. Fiz o passeio com a GVM Tur que me buscou no Hostel Way 2 Go, onde estava hospedado, e seguimos até o porto da praia da Armação. Esse percurso durou cerca de 20 minutos.

Como chegar na Ilha do Campeche

Da Armação, pegamos um barco no píer e seguimos para a ilha. Cerca de 30 minutos de navegação, se tiver problemas de enjoo é bom tomar alguma coisa, pois o barco balança. Descobrindo ainda como chegar na Ilha do Campeche, o barqueiro informa que horas o mesmo retorna, então é bom ficar atento ao horário. Curti a ilha das 10h às 15h30, tempo mais que suficiente para conhecer bem o lugar.

Você pode caminhar pela pequena faixa de areia até as duas extremidades onde estão grandes rochas. Além daquele ponto, somente é permitida a entrada acompanhado de guias. A caminhada para ver os sítios arqueológicos também é feita com acompanhamento guiado e pago à parte, variando entre R$ 10,00 e R$20,00 por pessoa. Mas não se preocupe, mesmo ficando somente relaxando na ilha e curtindo a praia já vale a pena o passeio.

Como chegar na Ilha do Campeche

Recomendo levar lanche, biscoito, água, refrigerante ou sanduíche. Na Ilha Campeche existe um único restaurante onde você pode comer peixe frito, iscas, entre outros pratos à base de frutos do mar. Os preços são razoáveis em se tratando de uma ilha.

Fique bem atento aos seus pertences sobretudo se levar comida pois existem muitas quatis na ilha e elas ficam cercando toda área do restaurante caçando comida. Se der bobeira, elas levam a mochila ou sacola com tudo mata adentro. Presenciei vários ataques dessa “quadrilha” super organizada.

Como chegar na Ilha do Campeche

Sítios Arqueológicos

A ilha guarda mais de 100 petróglifos, distribuídos em 10 sítios arqueológicos, nove estações líticas, monumentos rochosos e sítios de ocupação. Por isso ela foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – Iphan, em 2000, como Patrimônio Arqueológico e Paisagístico Nacional. Entre os sinais deixados pelos povos antigos estão símbolos geométricos, flechas, zoomorfos, antropomorfos e as máscaras.

Como chegar na Ilha do Campeche

Trilhas Monitoradas

Os barcos que chegam à ilha atracam diretamente na Praia da Enseada. A faixa de areia conta com cerca de 500 metros, sendo o único ponto da ilha em que os visitantes podem ficar. O passeio com trajeto mais longo só pode ser feito com agendamento prévio e é indicado a visitantes com uma boa condição física.

Devem estar devidamente calçados (tênis). No passeio com o adicional do mergulho em trilha subaquática o curto sobe um pouco, indo para R$ 50,00 por pessoa. Neste valor estão inclusos roupa de neoprene, máscara,  snorkel, nadadeiras, acompanhamento de um monitor exclusivo para cada grupo de 04 pessoas e transporte até a trilha, em embarcação de pesca artesanal.

Como chegar na Ilha do Campeche

Na Ilha Campeche, em Floripa, não há recipientes para o descarte de lixo de qualquer tipo, logo, é imprescindível levar sacos plásticos para armazenar todos os resíduos produzidos e trazê-los de volta com você no barco. A visitação a Ilha do Campeche está condicionada às condições climáticas, podendo ser fechada a qualquer momento, por motivos de segurança dos visitantes e de conservação do patrimônio.

Portanto, se vai ficar alguns dias em Floripa, o ideal é que já programe a visita a Ilha do Campeche para os primeiros dias a fim de garantir o passeio. Achei que valeu muito conhecer esse pequeno paraíso.

GVM Tur
Entre em contato com a empresa diretamente pelo Facebook ou pelo telefone 48-99651.4444 (falar com Giba).

Leia também:

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | chip internacional| passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem | passeios

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá embaixo!

Até logo!

Fabiano Antunes
Siga:

Fabiano Antunes

Turisteiro desde sempre, já rodou por 26 países e a maioria dos estados brasileiros, mas quer visitar o mundo inteiro. É jornalista de formação, escritor nas horas vagas e tem dois livros publicados. Um cara do tipo que vive pensando e planejando viajar. Adora mapas, coleciona bandeirinhas dos países e também bonequinhos caricatos de chumbo. E-mails para [email protected]
Fabiano Antunes
Siga:

15 thoughts on “Como chegar na Ilha do Campeche: descubra esse paraíso em Floripa!

  1. Richard says:

    Vergonhoso o preço pra atravessar 15min de água 90 reais por pessoa num barco de pescador. Atravessei 50km da argentina pro uruguai num navio turbinado por esse preço.

    • turisteiro says:

      O problema é que no Brasil o turismo é explorado de maneira livre né Richard? Concordo que a maioria das atrações turísticas do nosso país são verdadeiros absurdos!

  2. NILSON says:

    Preço alto demais.
    Que pessoal sem noção!
    Planejava fazer esse passeio, mas por esse preço tô fora.
    Enquanto as pessoas pagarem eles continuarão com essa exploração.

  3. andreia ribeiro de souza says:

    Com esses valores, agente perde ate o entusiasmo de conhecer o lugar……depois não sabe porque as belezas do Brasil é pouco apreciada…..#sentindochateada…..

  4. Liliane Lima says:

    Fiquei encantada com as fotos da ilha, queria muito incluir a visita nesta ilha na nossa viagem de férias mas desisti , em casa somos em sete pessoas fica totalmente fora de cogitação com esse preço absurdo ! Teremos que procurar outras opções.

  5. Alessandro says:

    Moro em SC , planejava fazer este passeio com minha família, mais com este valor absurdo não vai dar, vou ficar aqui no litoral Norte mesmo é mais em conta

  6. Iane says:

    Não é o Brasil, são alguns lugares específicos que exploram os turistas. Em João Pessoa isso nâo acontece… um passeio desse lá é 30,00 por pessoa. Lá sim é paraíso!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: