Lagunas altiplânicas: imagens inesquecíveis no deserto do Atacama

Lagunas Altinplanicas

As Lagunas Altinplânicas fazem parte dos principais cartões postais no deserto do Atacama e não podem ficar de fora do seu roteiro. O ponto mais alto fica a cerca de 4200 metros de altitude e nos deparamos com aquela paisagem incrível, que mais parecia ser uma pintura.

Lagunas altiplânicas

  • PROCURANDO ONDE SE HOSPEDAR EM SAN PEDRO DE ATACAMA: Separamos opções de ofertas com descontos para você!

>> Dica importante: independentemente da época do ano, a área é aberta e com muitas correntes de ar, portanto leve agasalhos! Fizemos o passeio no alto inverno e foi necessário utilizar as três camadas de pele, mais luvas, pescoceira e também uma touca, tornando o passeio suportável, porém eu já tinha lido alguns relatos de pessoas que reclamaram bastante do frio. Recomendo ainda ter consigo protetor solar e uma garrafa de água.

O passeio:

Fizemos o passeio com a Grado 10, uma das empresas mais recomendadas nos relatos de viagem, sobretudo por brasileiros. Um dos diferenciais da empresa é ter guias que falam e entendem português. Esse passeio começa bem cedinho, por volta das 6h eles nos buscaram no hotel e então partimos no ônibus/caminhão rumo as lagunas.

Lagunas altiplanicas

A entrada para as lagunas é feita pela Reserva Nacional Los Flamencos, onde foi preciso pagar uma taxa de 2.500 pesos (estudantes mesmo com carteirinha brasileira tem desconto) que não estava inclusa no passeio. Dali, seguimos dentro do ônibus até bem próximo do belíssimo cenário, sem fazer nenhum esforço.

ATENÇÃO: Esse passeio não é recomendado para o primeiro dia no Atacama! Na verdade, o ideal é fazê-lo depois que já se sentir aclimatado com a altitude da cidade de San Pedro (que já fica a aproximados 2.400 metros em relação ao nível do mar), o que pode acontecer a partir do segundo dia no deserto.

> A GRADO10 é uma das poucas empresas que pode ir com o veículo até as proximidades das lagunas, o que é uma baita vantagem, sobretudo no inverno, já que os turistas de outras empresas precisam caminhar por uma distância considerável até elas em meio ao frio e vento.

Outro diferencial da empresa é servir seu café da manhã (muito bem servido por sinal) para os passageiros bem naquele local enquanto eles apreciam o cenário sem pressa e praticamente com exclusividade, pois a empresa é uma das primeiras a chegar logo ao raiar do dia.

Lagunas altiplanicas

Ali você poderá explorar e fotografar tudo, inclusive as duas lagunas: Miscanti e Miñiques que ficam lado a lado e são enormes. Elas são verdadeiros oásis em meio ao deserto, de deixar qualquer um boquiaberto. Ficamos com aquele paraíso praticamente só para nosso grupo por algum tempo até que as demais empresas começaram a chegar.

A paisagem é realmente muito impressionante e os vulcões adormecidos que estão próximos das lagunas e por todo o caminho dão um toque ainda mais peculiar ao cenário. Além disso, as cores das lagunas são únicas e no altíssimo inverno é possível até mesmo caminhar sobre elas, pois ficam completamente congeladas.

Lagunas altiplanicas

Na área onde circulamos havia uma estrutura com banheiro e se caso alguém sentisse falta de ar ou passasse mal a equipe da GRADO10 estava preparada com oxigênio e kit de primeiros socorros. Ficamos ali por algumas horas até finalmente seguir para outras paradas.

Seguindo o passeio:

A próxima parada foi na igrejinha do vilarejo de Socaire. Há muitos pequenos povoados ao longo do caminho, onde antigamente se plantava de tudo, mas agora o clima já não deixa mais. O guia nos disse que o governo chileno promove constantes incentivos para que os moradores possam continuar habitando aquelas áreas e tenta encontrar alternativas para gerar renda para elas, contudo a vida, em algumas regiões do deserto, é um verdadeiro desafio.

Lagunas altiplanicas

Por várias vezes encontramos também a perfumada erva chamada rica rica, usada em larga escala pelos atacamenhos para produzir chás, sorvetes e até artigos decorativos. Não deixe de experimentá-la e sentir seu aroma muito refrescante.

A seguir atravessamos o Salar de Atacama (o segundo maior do mundo, perdendo apenas para o Salar de Uyuni na Bolívia), dono de uma das maiores reservas de sal e litium da terra! A paisagem mistura terra e uma fina camada branca que mais parece neve, formando um cenário bem exótico e diferente.

Lagunas altiplanicas

Havia muitas máquinas e trabalhadores extraindo as tantas substâncias ali encontradas, sendo que esse deserto é muito importante para manter a economia local. Portanto, se você ainda vai para o Salar de Uyuni (esse sim, o maior salar do mundo) fique tranquilo, pois viverá uma outra experiência completamente diferente e muito mais peculiar do que essa daqui com a superfície completamente branca.

Na sequência, paramos na Lagoa Chaxa, que fica dentro desse Salar. A pitoresca lagoa atrai flamingos que buscam um certo tipo de crustáceo rosa para se alimentar. No local tem até um tanque para que os visitantes possam ver pequenos caramujos rosados. Foi ali que descobri que os flamingos na verdade são brancos, mas ficam rosados ou avermelhados porque alguma substância presente nesses crustáceios impregna na sua penugem. Legal né?

Lagunas altiplanicas

Pagamos uma taxa de 2.500 pesos para entrar nessa lagoa (também não inclusa no passeio), que oferece estrutura com banheiros, mesas para lanche e uma pequena mostra com imagens sobre a região. Para quem gosta de fotografar, esse lugar rende excelentes cliques.

Por fim, a última parada foi no povoado de Toconao, ótimo para quem gosta de souvenirs e de conhecer produtos locais. É possível encontrar malhas, calçados, agasalhos e lembrancinhas das mais diversas. Muitos dos comerciantes ali sobrevivem quase que exclusivamente das vendas desses produtos, portanto pode ser legal comprar alguma coisa para ajudá-los não é mesmo?

Lagunas altiplanicas

O tour retornou para San Pedro de Atacama, confesso que o dia foi bastante intenso e satisfatório. É comum que algumas agências incluam as belíssimas Piedras Rojas nesse passeio, porém como elas ficam ainda mais distantes do que as Lagunas Altiplânicas, o que pode deixar o dia totalmente exaustivo, sobretudo porque para visitá-las é preciso atingir uma altitude ainda mais elevada, demandando também mais tempo, além é claro de tornar o passeio mais caro.

Perguntei ao pessoal da GRADO10 porque não incluíam Piedras Rojas no passeio e eles me disseram que já tiveram essa opção, porém a maioria dos turistas atualmente prefere fazer o passeio no formato em que ele está apresentado. Mas caso você não queira abrir mão de conhecer mais esse lugar, a GRADO10 pode organizar um passeio exclusivo até lá.

Lagunas altiplanicas

Leia também: Passeio clássico no deserto do Atacama: conheça o Valle de la Luna

Muita gente fala que Piedras Rojas (que eu tive o privilégio de conhecer) é um lugar imperdível, contudo achei de fato muito bonito, mas não considero o melhor lugar ou algo assim tão diferente do que vi nos demais passeios pelo Atacama.  A região tem tantas paisagens memoráveis e muito parecidas com as desse vale, sobretudo para quem faz a travessia pelo Salar de Uyuni, na Bolívia.

Creio que o mais importante para incluí-las ou não no seu passeio seja avaliar e considerar os custos, o tempo e também o fato de atingir uma altitude ainda mais elevada, podendo sofrer com os males. Portanto é uma questão muito pessoal e que varia entre um e outro caso. Se eu, por exemplo, tivesse querendo economizar dinheiro, viajando com crianças ou fosse uma pessoa com problemas de saúde, certamente excluiria essa parte do passeio da minha lista.

Lagunas altiplanicas

Ao final desse dia vivenciei mais uma incrível experiência em San Pedro de Atacama e me senti ainda mais apaixonado pelas belezas desse lugar tão especial e diferente de tudo que já vi no mundo! É pra ver com os próprios olhos e bem de pertinho.

Mais informações e reservas, fale diretamente com a empresa:

GRADO10
www.turismogrado10.com
[email protected]
Toconao 435-A, San Pedro de Atacama, Chile (bem no centrinho da cidade)
Curta e siga também a empresa no facebook e instagram!

* Esse passeio foi feito em parceria com a empresa GRADO10, porém as opiniões e impressões aqui relatadas são livres e pessoais.

Outros tópicos sobre o Atacama:

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem |

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá embaixo!

Até logo!

Amilton Fortes
Siga:

Amilton Fortes

Administrador, agente de viagens, especialista em coaching, fotógrafo e um turisteiro nato que adora escrever contando especialmente as coisas que ninguém disse sobre os lugares que visita. Segue pelo mundo colecionando seus ímãs de geladeira. contato: [email protected]
Amilton Fortes
Siga:

2 thoughts on “Lagunas altiplânicas: imagens inesquecíveis no deserto do Atacama

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: