Malakoff Café ganha segunda unidade no Recife Antigo

14559961_10154134394342672_8007206730841794325_o
turisteiro

turisteiro

Um site irreverente, cheio de conteúdo pra viajantes, amantes de fotografia e gente que gosta de dicas de viagem. e-mails para [email protected]
turisteiro

Quem for visitar o Paço do Frevo, no Recife Antigo, agora tem a oportunidade de unir conhecimento cultural à experiência sensorial do café. É que o Malakoff Café, que abriu sua primeira unidade no Recife há pouco mais de um ano, deu tão certo que já foi convidado para ocupar o espaço no térreo do casarão onde funciona o museu que conta a história do frevo de Pernambuco.

14608880_10154134395267672_4623704321330275820_o

A música ambiente, claro, não podia ser outra: é frevo! O repertório é uma disponibilização do próprio museu que apresenta aos visitantes os clássicos do frevo em suas mais variadas vertentes, frevo de bloco, de rua e canção. Para manter a identidade da primeira unidade da cafeteria, no bairro do Prado, foram instalados os mesmos elementos que já fazem parte da identidade do Malakoff Café, a exemplo das cadeiras coloridas que remetem às cores da bandeira de Pernambuco; o painel com escrituras em giz e um atendimento de primeira.

14524403_10154134394357672_833187386383556106_o

Nas paredes, nomes e mais nomes de pessoas que valorizaram e lutaram para que o frevo se tornasse patrimônio imaterial da humanidade. O curioso é que das janelas da frente pode-se observar a Torre Malakoff, monumento que deu nome à cafeteria e que começou a ser erguido em 1853, funcionando como portão de entrada do Arsenal da Marinha. A segunda unidade da empresa tem como sócios o barista Alan Cavalcanti, Talita e Tassiana Marques. De acordo com Talita, a unidade tem como proposta proporcionar aos clientes uma experiência sensorial com o café da mesma forma como faz o museu com o frevo. “Aqui o café é preparado na frente dos clientes, como se eles estivessem num laboratório. O cliente pode ter a explicação de cada método de café artesanal e conversar com o barista, temos a maior satisfação em explicar passo a passo”, conta.

14500247_10154134395132672_3552928945284996921_o

Especializada em cafés artesanais, a casa nova unidade oferece 12 métodos de preparo da bebida, além dos cafés cremosos e gelados. Entre os modos de preparo estão: French Press (aparelho francês que extrai o café por meio de filtragem e infusão, resultando numa bebida mais suave e aromática; o Tradicional (coador de pano que resulta numa bebida com sabor residual marcante e de intensidade moderada); e o Hario V60 (filtro japonês que reduz o amargor do café proporcionando uma bebida mais equilibrada com acidez e doçura). Na unidade do Prado, os métodos são 16.

14542524_10154134395242672_1905571549481233046_o

No cardápio, os itens foram batizados com nomes que remetem o Bairro do Recife, a exemplo da Rua do Bom Jesus (coffee shake) e Cais do Apolo (ice coffee). Entre as opções de comidinhas, wrap misto (queijo mussarela, presunto e folhas), tapiocas, sanduíches, pão caseiro de macaxeira, escondidinho de carne de sol (experimentei e achei uma delícia, vem muita carne e pra mim valeu como refeição). Para quem prefere um prato-refeição pode escolher entre as saladas, risotos e massas artesanais. Como o Recife Antigo é endereço de diversas empresas, escritórios, e do porto digital, fica a dica para quem quer almoçar. Antenado com as necessidades do mundo moderno, a casa dispõe de balcão com carregadores de celulares instalados, basta você pedir seu cabo USB.

14570690_10154134392017672_5654819229898631687_o

O local é bastante frequentado por turistas que aportam no café antes ou depois de visitar o Paço do Frevo. Tem capacidade para atender cerca de 50 pessoas de forma confortável e num ambiente super agradável que respira música, cultura e agora aroma de café. Eduardo Sarmento, gerente geral do Paço do Frevo, conta que o convite para a instalação do Malakoff Café foi uma grande felicidade do destino. “Eles trouxeram um conceito que permite experimentar uma vivência sensorial e afetiva do café. Tem uma proposta que está alinhada ao nosso pensamento de bom convívio, afetividade e elementos da nossa gastronomia que estão presentes no cardápio”, explica. Com público já fidelizado na primeira unidade, o novo Malakoff café já nasce comemorando sucesso. “Muita gente já conhecia a unidade do Prado e agora passou a frequentar nosso novo espaço. Outros nos conheceram aqui mesmo e já são frequentadores assíduos”, comemora Tassiana Marques. O cliente conta com cartão fidelidade e a cada oito cafés ele ganha um a sua escolha. Difícil vai ser mesmo escolher, afinal são 47 opções no total.

14425434_10211223628370389_63867320365227285_o

O Malakoff Café do Paço do Frevo fica na Praça do Arsenal, no térreo do prédio e está aberto para todos independentemente da visitação do museu. Funciona de terça a sexta-feira, das 9h às 17h e aos sábados e domingos das 14h às 18h. Uma dica valiosa é que nas sextas-feiras, das 12h às 13h, os clientes podem conferir apresentação de músicos instrumentistas tocando frevo “de camarote” e tomando aquele cafezinho ou almoçando. Entre as personalidades que já estiveram no local e provaram o café estão Lenine e Maestro Formiga.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: