Onde ficar no Pantanal: Parque Hotel Fazenda Passo do Lontra

13490652_10153840111867672_255861098052303748_o

Se está em busca de onde ficar no Pantanal, esse texto é pra você. o Parque Hotel Fazenda Passo do Lontra é um hotel imerso à natureza exuberante da maior planície alagada do planeta. Sua estrutura é enorme, com passarelas de palafita instaladas por cima do alagado, interligando todos os ambientes do hotel. Isso mesmo: ele foi todo construído em cima da água! Em maio de 2016 passamos 3 noites hospedados nele e a seguir contamos, em detalhes, como foi a experiência, confira.

13458733_10153840106042672_1778090398678985065_o
Nas margens do Rio Miranda estão 18 chalés que servem de quartos, todos com telas nas janelas para evitar a entrada de mosquitos. Os cômodos são bem espaçosos, com uma espécie de ante sala antes de chegar no quarto, possuindo mesa com cadeiras e um frigobar. O quarto tem capacidade para acomodar entre 3 e 4 pessoas, cada. Tem ar condicionado, TV em LCD, armários e mesas de canto, além de edredons e suíte.

A fazenda dispõe ainda da opção de apart hotel com capacidade para atender até 8 pessoas. É indicado pra quem vem em família ou grupo de amigos e quer algo mais exclusivo com churrasqueira, redes e mais privacidade. Muitos grupos que vão com o objetivo de pescar costumam ficar nesse espaço mais amplo, inclusive podendo assar aqui o próprio peixe pescado.

13482799_10153840106317672_1477444119403051489_o

À disposição de todos os visitantes está um restaurante super amplo com acesso à internet (único local onde existe wi-fi), bem ao lado está a sala de jogos com as opções de sinuca, tênis de mesa e sofá com TV. O cardápio do restaurante é bastante variado e farto. Você pode comer à vontade e a comida é uma delícia. Provamos de tudo, entre os pratos que mais gostamos estão: peixe ao molho, costela assada, lasanha e frango empanado. No café da manhã, não deixe de provar os pães de queijo. Tem ainda sucos e frutas, além de sobremesa. Vale lembrar que na diária já estão inclusas as três refeições diárias assim como os passeios que vamos falar agora.

13443059_10153840114452672_3237823258761241926_o

Os passeios realizando pela equipe da fazenda já costumam estar inclusos quando o pacote é fechado. Saímos de barco no final de tarde, com acesso à embarcação no próprio píer da fazenda, que vale a pena demais! Só o visual do por do sol, já é um motivo e tanto pra fazer este passeio. Ao longo do percurso observamos diversos tipos de pássaros, com destaque para o tuiuiú, ave símbolo do Pantanal.

Imponente, é fácil encontrá-lo em cima das árvores onde estão os gigantes ninhos, sempre cuidando da proteção dos filhotes. A vegetação à margem do rio é linda e o entardecer um dos mais belos que já vi, com direito a vários tons de cores que chegam a “perturbar” nossos olhos tamanho é a beleza. Durante este passeio, existe uma pausa para banhos. Calma que segundo o guia as piranhas não atacam!

13483017_10153840114327672_2497339745309685270_o

Na manhã seguinte, fomos pescar piranha. Para isso nem precisa sair da Fazenda, basta ir até o píer e jogar o anzol. Tudo com a ajuda de um guia que prepara o equipamento de pesca. Fisgamos algumas piranhas, além de piaus e ainda um peixe chamado limpa lodo, que o meu sócio no site Turisteiro, Amilton Fortes, teve a proeza de pescar.

Com nadadeiras grandes, meio cascudo e de cor escura, o peixe chamou logo a atenção. Confesso que pensei se tratar de um pássaro ou até mesmo de um jacaré logo que vi. É bom destacar que todos os peixes que conseguimos puxar do rio são devolvidos ao mesmo. A pesca é pura diversão e atende as normas de respeito à natureza.

13483100_10153840107402672_5282844736850397189_o

Outro passeio bem divertido foi a saída de barco, mas num determinado ponto do trajeto trocamos a embarcação por caiaques com capacidade para uma ou duas pessoas remando. O guia, claro, vai logo atrás acompanhando tudo. É obrigatório o uso do colete salva vidas.

Voltamos no sentido da correnteza do rio, o que ajuda na hora de remar. O exercício para bíceps e tríceps nunca foi tão prazeroso, com um visual de tirar o fôlego. Em épocas mais secas é mais fácil encontrar outros tipos de animais ao longo do passeio, a exemplo de capivaras. Não deixe de levar para todos os passeios chapéu, óculos de sol, protetor solar e repelente.

13497805_10153840112222672_1656317691104039763_o

De julho a outubro, quando é alta estação no Pantanal, o hotel fica lotado, portanto, se estiver com interesse de conhecer este paraíso natural se programe com antecedência. O ideal é que dois meses antes já faça sua reserva. O hotel conta com um acesso de plataforma de madeira que é uma delícia caminhar por ele. Tem inclusive uma ponte de ferro que rendem ótimas fotos. No horário livre, não deixe de desfrutar um passeio descompromissado pelas plataformas de madeira observando os pássaros, peixes e curtindo a natureza.

Realização:
Ácqua Studio de Viagens
www.acquaviagens.com.br
[email protected]

Facebook e Instagram

Uma parceria com o Parque Hotel Passo do Lontra, em Corumbá/MS.
Acesse: www.passodolontra.com.br

Essa viagem está dentro do projeto DESCUBRA BONITO E O PANTANAL  contou com o apoio das empresas Ácqua Viagens, CLH Suites Bonito, Trilha Boiadeira, Nascente Azul, Barra do Sucuri, Bonito Aventura, Parque das Cachoeiras, Terra Transportes, Restaurante Casa do João, Pizzaria Zapi Zen, Projeto Jiboia, Parque Hotel Passo do Lontra e Fazenda São João, porém as opiniões e impressões aqui relatadas são livres e pessoais.

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | chip internacional| passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem | passeios

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá em baixo!

Até logo!

Fabiano Antunes
Siga:

Fabiano Antunes

Turisteiro desde sempre, já rodou por 26 países e a maioria dos estados brasileiros, mas quer visitar o mundo inteiro. É jornalista de formação, escritor nas horas vagas e tem dois livros publicados. Um cara do tipo que vive pensando e planejando viajar. Adora mapas, coleciona bandeirinhas dos países e também bonequinhos caricatos de chumbo. E-mails para [email protected]
Fabiano Antunes
Siga:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: