São Paulo: gigante pela própria natureza! [atualizado]

se_saopaulo0741-1

Maior símbolo de metrópole brasileira, São Paulo conjulga todos os verbos no superlativo. Gigante pela própria natureza, a terra da garoa, como é conhecida, atrai turistas o ano inteiro.  Qualquer roteiro incluirá a famosa Avenida Paulista. Lá, o turista se encanta à primeira vista com os modernos arranha-céus, onde se dará conta de que chegou na maior cidade da América Latina. Calçadas disputadas por executivos, skatistas, dondocas com seus cachorrinhos, artistas de ruas e ativistas, tem gente de todo tipo de um lado a outro num movimento que não para. E justamente esse ritmo intenso é o que mais me deixa apaixonado pela capital paulista, pois tenho a sensação de que tudo funciona 24 horas, tudo acontece em São Paulo.

11221413_1018799341486395_7766381872181837348_o
A visita pela Avenida Paulista deve incluir um passeio descompromissado para contemplar seus prédios, o Museu de Arte de São Paulo (MASP), o parque Tenente Siqueira Campos (Trianon) e as inúmeras lojas que estão por uma das principais avenidas da cidade. Destaque para o Masp e suas exposições fantásticas, muitas vezes instaladas no espaçoso vão abaixo do edifício. No Trianon está uma área verde gigantesca, que se transformou em reduto de executivos que vão ali no intervalo do almoço pra conversar, fumar um cigarro ou namorar um pouco tranquilamente. É um refúgio e tanto pra quem está cansado em meio a selva de pedra. Outra boa pedida é passear pela gigantesca loja da Fnac, espaço que reúne eletrônicos, revistas, livros e discos, um verdadeiro paraíso para quem gosta de tecnologia e arte. Em seguida, que tal tomar um café na Livraria Cultura, que fica no Conjunto Nacional?

Av. Paulista
É por ali também que estão as tão famosas ruas Augusta e Frei Caneca, tidas como um reduto dos jovens, dos gays e da pluralidade paulista. Outra dica para se misturar com os paulistanos é frequentar padarias que servem café, almoço, lanche e até jantar, sendo que algumas funcionam vinte e quatro horas. Destaque para a Bella Paulista, um ótimo lugar para fazer deliciosos lanches e que fica a um quarteirão da Avenida Paulista, na Haddock Lobo. Quando você se der conta, lá se foi um dia inteiro passeando pela região mais nobre da cidade.

A metrópole é gigante e tem muito para se conhecer, mas distância não é desculpa para deixar de ir a qualquer lugar turístico em São Paulo. O metrô funciona bem e leva o turista pra todo lugar, devendo evitá-lo no horário de hush. Reserve outro dia para visitar o Mercadão que fica bem pertinho da também famosa Avenida 25 de março, ambos acessíveis pela estação de metrô São Bento (linha azul). Conhecida pelos preços baixos e comércio lotado, na 25 de março, você encontra quase de tudo na melhor definição de “muvuca”. Claro que a maioria dos produtos são no estilo “piratex”, mas tem muita coisa que vale a pena comprar, como artigos de decoração de casa, material escolar, evite mesmo é comprar eletrônicos, pois já vi pen drive ser vendido embalado, mas sem o cartão de memória, ou seja, só com a “carcaça”. O Mercado Central de São Paulo ou Mercadão, como é conhecido, é diferente de todos que já conheci no Brasil, tamanha é sua organização e limpeza. Ali se encontram variedades de frutas frescas (inclusive os vendedores oferecem todas elas para provar), petiscos, temperos, bebidas e muito mais. Mas o item mais famoso é, sem dúvida, o sanduíche de mortadela preparado com mais de 200 gramas de mortadela em fatias ultra-finas. Não é o meu item preferido. O que me faz perder a cabeça ali dentro é o bolinho de bacalhau. De comer rezando!

905625_1018798808153115_8648014592800162798_o
Falar em Sampa também é sinônimo de falar no parque mais famoso e mais frequentado da cidade, o Ibirapuera, as diretrizes de como chegar até ele estão aqui. Pessoas caminhando, correndo, sentadas à beira do lago, passeando com seus animais ou andando de bicicleta estarão por lá, principalmente aos sábados, domingos e feriados. Entre jardins e prédios criados respectivamente por Burle Marx e Oscar Niemeyer, o parque conta com o Museu de Arte Moderna (MAM: 11 5085-1300, ter a dom, 10h – 18h), o Museu Afro-Brasil (11 3320-8900, 3ª a domingo, das 10h às 17h; fecha às 21h e na última quinta do mês é grátis), o Pavilhão das Culturas Brasileiras, o Planetário, o prédio da Oca (que abriga exposições), a Bienal (palco de grandes eventos) e o MAC-USP, em frente, no antigo prédio do Detran. Há ainda programação de shows no Auditório Ibirapuera (pagos) e, aos domingos, na Praça da Paz (grátis). À noite, dá para assistir ao show de água, som e luzes (20h às 21h) dos 673 chafarizes instalados no lago. Curta o parque sem pressa. Bicicletas podem ser alugadas nos portões 3 e 4 por míseros R$5 (cinco reais) mas já adianto: a fila de espera costuma ser grande, sobretudo aos finais de semana.

[easy-image-collage id=1769]

Para os amantes da gastronomia, mais um motivo para conhecer São Paulo.  Um dos restaurantes mais famosos é o Terraço Itália, especializado em comida Italiana e que funciona na cobertura do Edifício Itália, o segundo maior de São Paulo e do Brasil, com preços nada populares. O restaurante fica Fica no 41º andar. Falando em altura, é possível visitar a parte externa do restaurante gratuitamente, de segunda a sexta feira, das 15 às 17 horas, mas confirme o horário na portaria ou pelo telefone: (11) 3257-3953. Não fica pra trás a vista de cima da torre do Banespa, no Centro da capital, que também tem subida gratuita de segunda a sexta feira, devendo confirmar o horário disponibilizado antes da visita (11 3249-7180). Na mesma região fica a famosa Catedral da Sé, mas é preciso tomar cuidado com os “oportunistas” que fazem plantão por lá a fim de furtar objetos de quem der bobeira.

11882392_1018799094819753_8342788963201392834_o
Ainda no quesito gastronomia, que tal fazer uma visita ao estádio do Morumbi apreciando o melhor da culinária japonesa? Experimentamos o delicioso cardápio do Koji, o único restaurante com vista para o campo. Com acesso pelo portão 4 do estádio, o visitante chega ao restaurante, podendo decidir entre se acomodar no salão principal ou no camarote que fica mais próximo do campo. Em dias de shows e jogos, os frequentadores dispõem de vista privilegiada e um menu especial de degustação, geralmente já incluso no valor da entrada. Mas faça a reserva antes através do telefone (11) 3624-7710 porque costuma esgotar.

11937450_1018794261486903_110975592901404450_o
Destaque para os pratos Moriawase, os combinados, o teppan de frutos do mar e o yakisoba.

[easy-image-collage id=1772]

Para sobremesa, as mais pedidas são o Tempurá de sorvete e a banana empanada com sorvete.

[easy-image-collage id=1773]

Mais informações em: www.bykojirestaurante.com.br/www.facebook.com/ByKoji ou pelo telefone:  (11) 3624-7710

Quer saber também onde está uma das melhores pizzarias da cidade? Lá, pode-se comer com as mãos. Leia mais no relato da nossa experiência com a Villa Roma, clicando aqui.

Dentre as infinitas opções de passeios estão ainda a Pinacoteca e o Museu da Língua Portuguesa. Tem também a tradicional feirinha de antiguidades aos domingos, na Praça Frei Calixto, com barzinhos que invadem as calçadas até tarde da noite. Um bom lugar para paquerar. Fui na estação Luz e não vi nada demais. Para quem quer fazer um roteiro mais elaborado, a prefeitura disponibiliza gratuitamente guias e sugestões de roteiros, sendo que o download pode ser obtido por meio deste link.

11872272_1018797571486572_8247266746600091646_o
Cansou? Então saiba que a noite da capital paulista ferve. Como se não bastasse a enorme variedade de shows, musicais e peças de teatro que a agenda da cidade reserva (conforme você pode conferir aqui), ainda existem as milhares de opções de bares e baladas para todos os públicos, como indicado aqui. Mas como pra turista não tem tempo ruim, se jogue, afinal São Paulo é uma cidade incrível e que só não se diverte quem não quer. Com todas essas dicas agora só falta dizer: boa viagem!

Quer saber mais sobre essa experiência ou gostaria de falar diretamente com a nossa equipe para obter auxílio no planejamento de uma viagem? Então entre em contato agora mesmo, preenchendo os campos abaixo que lhe responderemos em breve! Nós, turisteiros, assessoramos você por meio da experiência em viagens desde a compra da passagem até os detalhes do roteiro final.

[contact-form-7 404 "Not Found"]

Fabiano Antunes
Siga:

Fabiano Antunes

Turisteiro desde sempre, já rodou por 26 países e a maioria dos estados brasileiros, mas quer visitar o mundo inteiro. É jornalista de formação, escritor nas horas vagas e tem dois livros publicados. Um cara do tipo que vive pensando e planejando viajar. Adora mapas, coleciona bandeirinhas dos países e também bonequinhos caricatos de chumbo. E-mails para [email protected]
Fabiano Antunes
Siga:

2 thoughts on “São Paulo: gigante pela própria natureza! [atualizado]

  1. Italo says:

    Muito legal as dicas………….mas precisava de umas dicas de hotéis em sp, pois são muitos, de vários preços, várias localidades, é uma experiência ruim em hotel, acaba com qualquer viajem…..

    • turisteiro says:

      Obrigado pelo seu comentário Italo! Sim, sempre gosto de falar dos hotéis onde hospedo e em agosto farei uma visita em São Paulo, aí certamente trarei dicas a respeito ok?
      Abs

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: