MADRI: Um giro rápido com muitas dicas pela capital espanhola

538836_10150677072882672_2891608_n

Comecei com o pé direito a desbravar a Europa aterrisando direto em Madri. Cultura, irreverência, modernismo, história e um povo muito acolhedor (e que não está nem um pouco abatido mesmo diante de uma crise): era isso o que me esperava. Superadas as mais de dez horas do um vôo intercontinental e as quatro horas a mais de fuso horário, não tive qualquer problema na temida imigração, aliás o fiscal somente olhou para minha cara e carimbou o passaporte. Não me deu um sequer Bienvenido a España! Mas já tava valendo, melhor que fosse sem emoção.

Ofertas de passagens aéreas: veja aqui muitas promoções!
Encontre o seu hotel: as melhores ofertas para a sua hospedagem estão aqui.
Faça um seguro viagem: compare e encontre aqui os melhores seguros do mercado!

Descobri ainda no Aeroporto Barajas que precisávamos pegar uma espécie de metrô até outra estação onde as malas eram descarregadas. Madri já se mostrava grandiosa. Dali, foi fácil ir para o centro da cidade de metrô, comprei os tickets nas máquinas de auto atendimento sem estresse. Detalhe: esse transporte funciona até uma e meia da manhã. Independentemente da hora que chegar, comece pela Puerta del Sol e Plaza Mayor, uma quase ao lado da outra. Certeza de que ambas estarão lotadas de turistas e artistas de rua bons de serviço tentando ganhar uns euros. Doces, souvenirs, tapas e “cerbezas”: tudo por ali é pertinho e abundante.

36610_10150702899482672_943425839_n

Outra boa dica é provar o churro numa das mais famosas Chocolaterias da cidade, a San Ginés. Pergunte a qualquer mickey, minie ou estátua viva na Plaza Mayor (como eu fiz), que eles te indicarão o caminho. De volta a Puerta del Sol o melhor caminho é subir a Calle del Carmen, uma rua com boas opções para compras. Termine seu passeio na Gran Via e espere o dia anoitecer pra ver tudo iluminado, inclusive o afamado prédio com a logomarca da Schweepes, um dos ícones da cidade.  O dia termina bem com a experiência gastronômica de comer o prato mais típico do país: paella acompanhada de uma sangria. Aí sim, cai a ficha de que você está na España.

No dia seguinte, mal havia amanhecido quando zarpei até a estação de metrô Atocha, a mais próxima dos museus do Prado, Reina Sofia, Plaza de la Cibeles, Jardim Botânico e também do Parque del Retiro. Tive que priorizar os passeios que mais queria porque seria impossível visitar todos eles de uma só vez, mas quem fica mais tempo na cidade e gosta de museus pode visitar todos eles. Caminhe pelas redondezas e aprecie as bem cuidadas e belíssimas praças da região que é lotada de árvores e monumentos.Às dez da manhã, esteja na porta da mais importante coleção de obras de arte da Espanha, o museu do Prado e compre lá mesmo o bilhete. Se chegar nesse horário, provavelmente não enfrentará grandes filas. Mesmo com uma carteirinha de estudante internacional eu tive que pagar inteira (essa regra vale para a europa como um todo, portanto se for maior de 25 anos, nem se dê ao trabalho de fazê-la).

581409_10150677074657672_1191247_n

Inspirado para ver pinturas, esculturas, vitrais e muitas obras de arte, tenha consigo uma garrafinha d’água (não há bebedouro dentro do Museu) e adquira um audioguia se tiver interesse em saber um pouco mais sobre as obras, havendo inclusive versão em português. Consegui percorrer todas as salas apenas observando, sem o guia, numa meia maratona de pouco mais de três horas, caminhando e caminhando. Aproveite também para sentar-se nos bancos que algumas galerias tem ao centro, assim você aprecia as obras e descansa porque, em algum momento, as pernas irão reclamar. E não se pode tirar fotos lá dentro, deixe tudo no guarda-volumes que está no hall principal colocando uma moeda de um euro. Quando liberar o armário, seu dinheiro é devolvido.

574687_10150677073392672_79773332_n

Depois da visita, ao fundo do museu está uma igreja muito bonita. Ao lado dele está o Jardim Botânico. Suba pela rua que fica entre o botânico e o Prado para adentrar ao parque do Retiro. Esse parque foi um dos lugares que mais gostei em Madri, foi uma delícia me perder dentro dele. Procurei caminhar em direção ao centro e tive a sorte de encontrar um grupo de artistas tocando violino ao pé de uma fonte d’água. Dali, foi um pulo até o lago onde pessoas fazem passeios de barco num lago e muitos se atiram na grama. Vi alguns fazendo piquenique e pude relaxar depois de muita andança. Aprecie sem moderação a tranquilidade e, quando quiser ir embora, a estação de metrô Retiro fica bem próxima desse ponto, use-a para se deslocar com facilidade pela cidade.

575061_10150702875517672_1652139644_n

Quando caiu a noite, fui parar nas lojas da Gran Via. Era haloween, muitas pessoas estavam fantasiadas e brincando de dar sustos pelas ruas. Fiquei encantado com a maneira como eles brincam e pensando em como aquilo parecia inocente e mágico… Mesmo exausto do dia cheio, sem dormir direito, eu só queria ficar ali e fazer parte daquela fantasia. Foi pouco? Claro, depois daquela pequena amostra de dois dias eu queria ter reservado mais tempo para Madri. Na verdade, eu queria que nosso país tivesse sido colonizado por espanhóis ao invés de portugueses, mas enfim. Dia seguinte acordei cedo e fui de metro para a estação Atocha Renfe, zarpando pra Barcelona de trem. Não deixe de conferir a próxima aventura!

528694_10150702901997672_320194966_n

Esta viagem contou com o apoio da Recife Câmbio, agência de moeda estrangeira com as melhores cotações do mercado. Duas lojas em Recife (uma em Boa Viagem e a outra no Recife Antigo). Para maiores informações, entre em contato: (81) 3039-2121 ou em: www.facebook.com/reccambio

E você, tá esperando o que pra conhecer Madri? Pensa em passar uns dias conhecendo essas maravilhas? Pois então não deixe de falar conosco por meio deste link, vamos te ajudar a planejar um roteiro sob medida, de acordo com suas preferências. Nós, turisteiros, assessoramos você por meio da experiência em viagens desde a compra da passagem até os detalhes mais importantes e o melhor: por um precinho bem camarada, seja pra destinos nacionais ou internacionais. Somos turisteiros e também amamos viajar! Até breve.

Faça suas reservas pelo nosso site com descontos e vantagens, você não paga mais nada por isso e nós recebemos uma pequena comissão, o que nos ajuda a manter o blog!

Reserve: | passagens aéreas em promoção | melhores ofertas de hotéis | seguro viagem |

Ficou com alguma dúvida ou gostou desse post? Gostaria de compartilhar outras informações que podem ajudar? Então deixe um comentário lá embaixo!

Até logo!

Amilton Fortes
Siga:

Amilton Fortes

Administrador, agente de viagens, especialista em coaching, fotógrafo e um turisteiro nato que adora escrever contando especialmente as coisas que ninguém disse sobre os lugares que visita. Segue pelo mundo colecionando seus ímãs de geladeira. contato: [email protected]
Amilton Fortes
Siga:

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: